Fale Conosco

7 de março de 2012

CDRM perfura poços e leva água a regiões carentes do semiárido paraibano



A Companhia de Desenvolvimento de Recursos Minerais da Paraíba (CDRM) iniciou, com autorização do Governo do Estado, a perfuração de poços em comunidades rurais carentes de recursos hídricos. A partir da próxima semana – e com recursos do Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza (Funcep) –, oitos poços serão perfurados para abastecer a população em locais onde não existe sistema tradicional de adutora.

Segundo o diretor de operações do CDRM, José João Correia de Oliveira, na semana passada, três poços foram perfurados no município paraibano de Nazarezinho, localizado na região Oeste da Paraíba, a 460km da capital. Na próxima semana, quatro poços serão perfurados em Sumé e mais quatro em São Sebastião do Umbuzeiro, ambos localizados no Cariri Ocidental paraibano.

Até o fim da operação, serão construídos sete poços em cada uma dessas cidades, totalizando 14 perfurações em municípios do semiárido paraibano, local estratégico para essas intervenções, segundo o diretor José João. Na perfuração de poços, segundo ele, é feita um sistema parecido como uma miniadutora, com sistemas de caixa d’água e modelo chafariz. “Teremos uma demanda grande nos próximos meses”, disse.

Ele complementa dizendo que o Funcep foi criado pelo Governo do Estado a fim de melhorar a vida do homem – no campo ou na cidade – e que esse tipo de operação (perfuração de poços) leva qualidade de vida à população, pois possibilita que os produtores cultivem hortaliças ou peixes, desenvolvendo, assim, uma atividade que gera renda. O Funcep está ligado à Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag).

O Governo do Estado também autorizou a compra de novos equipamentos para a perfuração de poços, algo extremamente necessário, segundo José João, uma vez que os equipamentos existentes já tinham mais de 30 anos de uso. Serão adquiridos compressor, caminhão e perfuratriz.