João Pessoa
Feed de Notícias

Cátia de França e Nathalia Bellar falam da expectativa para concerto em homenagem aos 432 anos de João Pessoa

quinta-feira, 3 de agosto de 2017 - 16:43 - Fotos:  Alberi Pontes/Secom Pb

As cantoras Cátia de França e Nathalia Bellar participaram de um ensaio com a Orquestra Sinfônica da Paraíba, nesta quinta-feira (3), para o concerto especial promovido pelo Governo do Estado, no sábado (5), em homenagem aos 432 anos de João Pessoa. Durante o ensaio, ocorrido no Espaço Cultural José Lins do Rego, na Capital, Cátia e Nathalia falaram da expectativa para o evento e da emoção de se apresentar em um concerto que vai reunir 96 músicos.

A cantora Cátia de França destacou que será um dos momentos mais importantes da vida e da sua trajetória artística. “Será uma comemoração extraordinária, que vai homenagear os meus 70 anos de vida e os 432 anos da terra em que nasci, reunindo toda uma mística”, disse. “Outro grande emocionar é me apresentar ao lado de uma das maiores orquestras do País, com músicos supertalentosos”, acrescentou.

Cátia destacou, ainda, a escolha do repertório para o concerto especial de sábado. “O maestro [Luiz Carlos Durier] pensou em músicas que o povo quer cantar comigo. É um repertório muito representativo de minha carreira e de João Pessoa, a exemplo de Coito das Araras, Kukukaia e Ponta do Seixas. Será um grande momento para a cidade e uma das maiores homenagens que já recebi”, afirmou.

Já Nathalia Bellar ressaltou o encontro com a Orquestra Sinfônica da Paraíba e a importância de cantar em homenagem a João Pessoa pela primeira vez. “É uma emoção que eu nem tenho palavras para descrever. É a minha primeira vez com a Orquestra Sinfônica da Paraíba e também a minha primeira vez cantando em homenagem a João Pessoa, fatores que já deixam tremendo na base”, disse. “Dividir o palco com Cátia de França será um momento que guardarei para sempre”, prosseguiu.

O secretário de Estado da Cultura, Lau Siqueira, ressaltou a importância do momento histórico para João Pessoa. “É um presente muito precioso do Governo do Estado para a Capital João Pessoa, no qual estará uma cantora muito simbólica para a cultura brasileira, que é Cátia de França, e um talentoso que se consolida a cada dia, que é a Nathalia Bellar. Além disso, se trata de um concerto de uma das melhores orquestras do Brasil”, pontuou.

O maestro Luiz Carlos Durier explicou a escolha do repertório para o concerto especial. “São músicas muito representativas de João Pessoa, a exemplo de Ponta do Seixas, Admirável Gado Novo e Alegria de Farol. As pessoas vão se emocionar, vão cantar essas canções e interagir, de forma emocionante, com a Orquestra e com as cantoras convidadas”, detalhou.

Repertório -Com arranjo do maestro Duda, o concerto terá início com Meu Sublime Torrão, de autoria do paraibano Genival Macêdo. Em seguida, serão executadas À Primeira Vista, de Chico César; Admirável Gado Novo, de Zé Ramalho; e Chiclete com Banana, de Gordurinha e Almira Castilho.

Logo em seguida, com arranjo de Emanuel Barros, serão executadas Bolero de Bordel, de Milton Dornelas; Alegria de Farol, de Adeildo Vieira; e Nó Cego, composição de Pedro Osmar, no “Paraíba Poetics”.

Já a cantora Nathalia Bellar interpreta A Lua e Eu, composta por Cassiano, com arranjo de Emanuel Barros. “Após a Nathalia Bellar, grande revelação de nossa música, teremos a execução de músicas do Festival Sampa, que vai contemplar Chico Buarque, Edu Lobo e Caetano Veloso, com músicas que representam muito bem o período da Ditadura”, acrescentou Luiz Carlos Durier.

A penúltima apresentação da noite em homenagem aos 432 anos de João Pessoa ficará por conta da cantora Cátia de França, quando serão interpretados os sucessos Minha Vida é uma Rede, Panorama, Coito das Araras, Ponta do Seixas e Kukukaia.

Já a última apresentação da Orquestra Sinfônica da Paraíba e da Orquestra Sinfônica da Paraíba Jovem será o Bolero, composta por Maurice Ravel.

Serviço – Orquestra Sinfônica da Paraíba

Oitavo Concerto Oficial – 5 de agosto de 2017

Horário: 20h30

Entrada: Gratuita (organização recomenda levar um livro de literatura)

Capacidade: 3 mil pessoas