João Pessoa
Feed de Notícias

Cartilha com serviços para idosos será lançada na Paraíba

sexta-feira, 20 de abril de 2012 - 16:30 - Fotos: 

Foto: Severino Pereira/Secom-PB

Uma roda de conversas com autoridades que atuam na Rede de Proteção ao Idoso irá formatar um Manual de Utilidade Imediata para as pessoas com 60 anos ou mais. A cartilha vai contar com informações dos serviços públicos e os prestados por entidades filantrópicas que podem ser acessadas pelos idosos e resultem na melhoria da qualidade de vida dessas pessoas. Segundo a Coordenação de Política do Idoso, existem cerca de 420 mil pessoas nessa faixa etária que poderão contar com as informações dessa cartilha.

Os detalhes sobre os conteúdos do material estão sendo definidos no encontro Transparência e Visibilidade dos Direitos da Pessoa Idosa, que acontece nesta sexta-feira (20), até às 17h, no Auditório da Federação do Comércio Sesc/Senac, no Centro de João Pessoa.

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Humano (Sedh), por meio da Política Estadual da Pessoa Idosa é um dos órgãos que está participando da elaboração desse material. “Temos uma população de 420 mil idosos e precisamos sistematizar este guia de orientação, cujo objetivo central é construir uma Paraíba mais experiente, que valorize a sabedoria dessas pessoas. Estamos reunidos com vários atores da Rede de Proteção ao Idoso e com este guia vamos divulgar cada vez mais o Estatuto”, afirmou a coordenadora da Política do Idoso, Gabrielle Tayanne Vasconcelos.

Manual – Para uma das organizadoras do evento, Yolanda Fernandes Mendes Leite, o objetivo central do encontro é divulgar os serviços que beneficiam o idoso, definindo e levando ao conhecimento deste público os serviços institucionais que podem ser utilizados.

“Iremos fazer uma lista com todos os serviços que existem, inclusive, com endereços e telefones, para publicar no Manual de Utilidade Imediata para pessoas idosas e toda sociedade. Desta forma, estaremos dando transparência e visibilidade aos serviços disponibilizados no Estado e no país, para a melhoria da qualidade de vida de pessoas em processo de envelhecimento”, disse Yolanda Fernandes.

Elaboração coletiva - Nesta reunião está em discussão a melhor forma de realizar a publicação. Vários órgãos estão envolvidos nessa elaboração inicial, a exemplo do Ministério Público da Paraíba (MPPB), por meio da Promotoria do Cidadão; Federação dos Aposentados e Pensionistas – Secção Paraíba; Delegacia de Segurança e  Defesa dos Direitos do Idoso; Conselho Estadual do Idoso e Associação Brasileira dos Clubes da Melhor Idade (ABCMI/PB), Conselho Municipal do Idoso, as secretarias de Saúde de João Pessoa e do Estado, a Secretaria de Desenvolvimento Social de João Pessoa, além de representantes de instituições de longa permanência, grupos independentes de idosos, associações de bairro e Centros de Convivência.

Soma de esforços – O evento é organizado pela Universidade da Terceira Idade (Uniti-PB) e conta com o apoio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Humano (Sedh), Prefeitura de João Pessoa e Federação do Comércio.