João Pessoa
Feed de Notícias

Cartaxo recepciona passageiros do navio MSC Melody, em Cabedelo

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 - 17:19 - Fotos: 
O vice-governador do Estado, Luciano Cartaxo, recepcionou nesta quarta-feira (9) os passageiros e tripulantes que chegaram ao Porto de Cabedelo no navio MSC Melody, para conhecer as belezas da Paraíba. Ele almoçou com os visitantes e ressaltou que a vinda do navio confirma a posição do Estado como rota dos cruzeiros internacionais.

“A inclusão da Paraíba no roteiro de cruzeiros marítimos é a demonstração do fortalecimento do turismo enquanto produto gerador de emprego e renda. Os atracamentos acontecerão até março e, já a partir de abril, passaremos a receber os vôos charter ajudando a consolidar o nosso turismo”, declarou.

O MSC Melody atracou em Cabedelo por volta das 12h30 e trouxe ao Estado a maior quantidade de passageiros em navio de uma só vez: foram cerca de duas mil pessoas (sendo 1,5 mil passageiros e 500 tripulantes). Eles foram recebidos por um grupo folclórico da cidade do Conde e, ainda no porto, puderam comprar artesanato em uma feira organizada pela Secretaria de Educação e Cultura de Cabedelo. Às 13h, houve um ato simbólico de abertura da temporada de desembarques no Estado, seguido do almoço.

Programação – O transatlântico MSC Melody fará 14 atracamentos na Paraíba até março de 2010 e terá escalas em Maceió (AL), Salvador (BA), Recife (PE) e Fortaleza (CE). Wagner Breckenfeld, presidente da Companhia Docas da Paraíba, que administra o Porto, falou do significado da vinda da embarcação para a economia paraibana, revelando que estão sendo feitas negociações com empresas especializadas para que outros navios tragam turistas. “As obras de dragagem e aumento do calado do Porto aumentarão a capacidade em pelo menos 35%, o que nos dá ótimas perspectivas”, afirmou.

Segundo Wagner, por causa de problemas registrados em outras gestões, o Porto de Cabedelo estava enfrentando problemas financeiros, que já foram sanados apenas nos oito meses de sua gestão. “Nossa capacidade ociosa varia entre 70% e 80% mas com as obras que já estão sendo realizadas poderemos receber mais navios, gerando ainda mais riqueza. Devemos fechar 2009 com a movimentação de 1 milhão de toneladas e isso é uma vitória”, disse.

Luciano Cartaxo entende que “a vinda destes turistas é de extrema importância, principalmente porque eles conhecem o Estado e se tornam potenciais visitantes no futuro. Estamos confiantes em um desenvolvimento ainda maior nesta área para o nosso Estado”, afirmou.

Fernando Oliveira, da Assessoria de Imprensa da Vice-Governadoria