João Pessoa
Feed de Notícias

Caravana do Coração realiza mais de 10 mil procedimentos e atende 1.908 pessoas de 176 municípios

terça-feira, 19 de julho de 2016 - 13:12 - Fotos:  Ricardo Puppe

A 4ª Caravana do Coração foi encerrada no último sábado (16) e em 13 dias de ação foram realizados 10.793 procedimentos, beneficiando 1.908 pacientes (1.349 crianças, 241 gestantes e 318 adultos), de 176 municípios paraibanos.  O projeto, que tem como objetivo atender crianças e gestantes com problemas cardíacos, é uma parceria do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), com a ONG pernambucana Círculo do Coração.

A Caravana começou no dia 4 de julho e passou por 13 cidades (Monteiro, Princesa Isabel, Itaporanga, Cajazeiras, Sousa, Catolé do Rocha, Pombal, Patos, Picuí, Esperança, Guarabira, Mamanguape e Itabaiana). Além dos atendimentos, ainda promoveu capacitação para 1.500 profissionais de saúde e da educação e promoveu educação continuada para todos os 1.908 pacientes através de cursos sobre prevenção das infecções transmitidas pelo Aedes aegypti e atendeu crianças com microcefalia.

Foram encaminhados 100 pacientes para avaliação genética por suspeita de microcefalia. Destes, 53 tiveram confirmação da microcefalia e 29 apresentaram outras malformações (síndromes genéticas). Os demais 18 pacientes não apresentaram malformações. Além destes, ainda foram identificados 11 fetos com anomalias que podem estar relacionadas ao vírus zika.

De acordo com o relatório da equipe da Caravana do Coração, das 1.349 crianças atendidas, foram identificadas 473 com cardiopatia. Destas, entre 30 e 50 pacientes precisarão de cirurgia. Quatro já foram encaminhadas.

Os pacientes adultos atendidos foram divididos entre gestantes com história de febre ou exantema durante a gravidez (suspeita de arbovirose), ou mães de crianças com microcefalia. Em todos foram realizados exames e coletadas amostras de material biológico (sangue e urina) na tentativa de esclarecer a origem das viroses clínicas.

Os atendimentos realizados incluíram: enfermagem, cardiologia, eletro e ecocardiografia pediátrica, ultrassonografia fetal e eco fetal, genética, fisioterapia, fonoaudiologia, nutrição, serviço social, saúde bucal (avaliação e aplicação de flúor), psicologia, shantala e ofurô e laudo final. Todo o serviço foi informatizado, da recepção até o laudo final.

Dos 10.793 procedimentos, foram 1.279 de cardiologia, 551 de streptoteste (teste na garganta para investigar risco de febre reumática na criança), 231 ecos fetais, 1.287 ecos pediátricos, 1.597 atendimentos de enfermagem, 1.399 de nutrição, 1.537 de serviço social, 282 de psicologia, 421 coletas de sangue, 279 coletas de urina, 54 digiscope (auscuta do som do coração), 76 de fisioterapia, 68 de fonoaudiologia, 96 de genética, 1.199 de odontologia, 95 de oftalmologia, 270 ultrassonografias fetais e 72 ultrassonografias transfontanela (moleira do bebê).

O atendimento foi oferecido em 13 municípios que integram outras cidades paraibanas. No total, foram beneficiados pacientes de 162 municípios, com cobertura de aproximadamente 70% do Estado. Em Cajazeiras, foram 170 atendimentos; em Catolé do Rocha, 129; em Esperança, 179; em Sousa, 145; em Guarabira, 148; em Itaporanga, 143; em Monteiro, 101; em Patos, 177; Picuí, 172; Pombal, 166; Princesa Isabel, 128; Mamanguape, 136 e Itabaiana, 114.

“A Caravana deste ano superou todas as nossas expectativas, sendo a maior até agora. Foram aproximadamente 200 horas de trabalho, em 13 dias de ações ofertadas em 13 cidades paraibanas. Foi um trabalho intenso, mas realizado de forma harmoniosa e com muito entusiasmo e dedicação por uma equipe formada por 97 voluntários, sendo 84 brasileiros e 13 estrangeiros, da Inglaterra, Japão, Alemanha, Estados Unidos e Portugal. Além disso, 15 voluntários da Cruz Vermelha também participaram, facilitando as muitas atividades da Caravana”, disse a presidente da ONG Círculo do Coração, Dra. Sandra Mattos.

Até agora, a 4ª Caravana foi a que teve o maior número de atendimento e de procedimentos.  Na primeira, no ano de 2013, foram visitados oito municípios paraibanos e atendidos pouco mais de 500 pacientes. A segunda e a terceira edições, realizadas em 2014 e 2015, cobriram 13 municípios e asseguraram o atendimento de mais de 1.000 pacientes, cada. Nessas Caravanas, os profissionais de saúde percorrem mais de 1.880 km.

A Caravana do Coração é um trabalho que começou a partir da Rede de Cardiologia Pediátrica da Paraíba (RCP – PB), iniciada em outubro de 2011. É uma iniciativa do Governo do Estado da Paraíba, que investe, anualmente, R$ 6 milhões no projeto, considerado um divisor de águas na saúde pública da Paraíba, nas áreas cardiológica e pediátrica.