João Pessoa
Feed de Notícias

Caravana do Coração chega a cidade de Itabaiana

sexta-feira, 10 de julho de 2015 - 18:13 - Fotos:  Ricardo Puppe

No penúltimo dia de atendimentos, a Caravana do Coração esteve nesta sexta-feira (10) no município de Itabaiana, onde realizou 356 procedimentos na Policlínica Dr. Aglair da Silva. Foram atendidos 50 pacientes, sendo 47 crianças e três gestantes de 14 municípios da região: Itabaiana, Ingá, Pedras de Fogo, Juripiranga, Pilar, Mogeiro, Riachão de Bacamarte, Caldas Brandão, Itatuba, São José dos Ramos, São Miguel de Taipú, Juarez Távora e Salgado de São Félix. Do total, 16 crianças apresentaram cardiopatia grave e 10 cardiopatia simples. Em duas destas crianças será realizada cirurgia imediata.

No local, um ambiente acolhedor foi instalado com salas de nutrição, assistência social, ecocardiograma, laudo médico, além de um espaço lúdico, onde as crianças e familiares eram recepcionados com músicas ao som de um violão, além de brincadeiras, a exemplo do que ocorreu nas demais cidades onde foram realizados procedimentos pela Caravana do Coração.

Um dos primeiros pacientes atendidos em Itabaiana foi o pequeno Walisson José Faustino, de 10 anos, da cidade de Itabaiana, que foi diagnosticado com cardiopatia ao nascer e cirurgiado com três meses de vida, em Recife, há sete anos. “Na época, infelizmente, o projeto Círculo do Coração não existia na Paraíba, então foi um sofrimento para mim, pois tive que ir para Recife com ele sem conhecer ninguém. Passei até fome, pois não tinha o que comer. Não conhecia ninguém e não tinha dinheiro nem para me deslocar”, disse a tia do menino, Maria José, que ainda informou que criou o garoto, já que a mãe do pequeno morreu com 25 dias após o parto.

E ressaltou: “Hoje a realidade é diferente, graças ao Governo do Estado. Os médicos informaram que ele terá que fazer uma nova cirurgia, mas que bom que agora o tratamento tem aqui na Paraíba. Muito importante isso para as nossas crianças, pois outras crianças, na situação do meu filho precisarão desse acompanhamento”.

Quem também passou por avaliação foi o pequeno João Batista, de 1 ano e 3 meses, da cidade de Ingá, que foi diagnosticado com cardiopatia ainda na barriga da mãe, na época com 6 meses de gravidez. “Meu neto foi cirurgiado com um mês de vida. Se não fosse o trabalho dessa equipe aqui o meu neto nem teria nascido, nem estaria vivo aqui. Ele fará uma nova cirurgia, mas o que me tranquiliza é saber que ele está sendo bem tratado e acompanhado. As nossas crianças estão em boas mãos”, disse a avó da criança, Cosma David.

A Caravana está em sua III edição e é desenvolvida pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, em parceria com a Ong pernambucana Círculo do Coração, e iniciou, no dia 29 de junho, na cidade de Cajazeiras, e encerra neste sábado (11), na cidade de Mamanguape.

“Isso é regionalização da atenção à saúde. Compromisso do governo estadual. É o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), rompendo barreiras e fronteiras do Sertão ao Litoral. Só grandes corações podem salvar pequenos corações”, disse a secretária de Estado da Saúde, Roberta Abath.

Para a diretora geral do Hospital Regional de Itabaiana, Gilvânia Alves, essa é uma experiência gratificante, já que, após a Caravana, as crianças continuarão sendo acompanhadas na unidade hospitalar. “Essa ação possibilita captar crianças que antes não tinham acesso ao tratamento na área de cardiologia, além disso, nos dá a oportunidade de acompanhar o tratamento nas que foram diagnosticadas com cardiopatia. Com isso, temos um fortalecimento da saúde na região, além de uma melhoria na qualidade de vida desses usuários. O Governo do Estado demonstra por meio desse projeto uma preocupação com a saúde pública de qualidade”, disse a diretora.

“A Paraíba sai na frente e é pioneira no projeto de rede de cardiologia, unindo a tecnologia de ponta, por meio da Telemedicina, com ações básicas de saúde formando uma rede integral de serviços, que envolve uma equipe multiprofissional, que capilariza o serviço desde a porta de entrada até o centro cirúrgico. A Paraíba é pioneira com a Caravana, com as Salas do Coração, com os mutirões de cirurgias cardíacas. Levando conhecimento à população, que sabe do projeto e nos procura. Hoje a rede de cardiologia do estado cobre mais de 90% das crianças nascidas no Sistema Único de Saúde (Sus)”, observou a presidente do Círculo do Coração, Sandra Mattos.

E acrescentou: “Antes da implantação do Círculo do Coração, a cada mil crianças nascidas eram identificados problemas cardíacos em quatro. Hoje são 11 crianças identificadas com cardiopatia, para cada mil nascidas, triplicando a questão do diagnóstico”.

Balanço: A Caravana já atendeu 956 pessoas, sendo 878 crianças e 78 gestantes. Desse total, 309 crianças apresentaram cardiopatia grave e 140 cardiopatias simples. Além disso, 5.376 mil procedimentos foram realizados. As avaliações aconteceram nas cidades de Cajazeiras (29), Sousa (30), Catolé do Rocha (1), Pombal (2), Itaporanga (3), Patos (4), Princesa Isabel (5), Monteiro (6), Esperança (7), Picuí (8), Guarabira (9) e Itabaiana (10).

Programação – A Caravana continua o atendimento neste sábado (11) no município de Mamanguape, onde será encerrada essa terceira edição

.