Fale Conosco

15 de maio de 2011

Caps-Ad passa a funcionar 24 horas a partir desta segunda-feira



O Centro de Atenção Psicossocial – álcool e droga (Caps-Ad) Jovem Cidadão, que integra a rede hospitalar do Estado, vai passar a funcionar 24 horas a partir desta segunda-feira (16). O Centro vai oferecer acolhimento noturno, inclusive nos finais de semana e feriados. A solenidade que vai marcar o novo horário de funcionamento do serviço será às 16h, na sede do Caps, na Rua Sinésio Guimarães, bairro da Torre, na Capital.

A coordenadora do Centro, Marileide Pereira Martins Teixeira, explicou que o Caps é um serviço de saúde especializado que presta atendimento às pessoas com transtornos decorrentes do uso/abuso de substâncias psicoativas e seus familiares. O objetivo é promover assistência qualificada e especializada a essas pessoas em um ambiente incluso, acolhedor e direcionado à reinserção social dos usuários de forma produtiva-ticipativa.

Segundo Marileide Pereira, o Centro, que faz parte do Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack do Governo Federal, é mais um dispositivo das prioridades da gestão estadual, desenvolvendo ações de promoção, prevenção, tratamento e redução de danos aos usuários de álcool e outras drogas.

Ela explicou também que o acesso ao serviço se dará de forma espontânea, encaminhada e através de decisões da equipe técnica. O Caps vai oferecer ao pacientes assistência médica prestada por equipe multiprofissional composta por médico clínico, psiquiatra, educador físico, enfermeiro, psicólogo, assistente social, terapeuta ocupacional, arte-terapeuta, técnicos e auxiliares de enfermagem. O serviço será composto de 12 leitos de internação (10 masculino e dois feminino) com atendimentos individuais: clínico, psiquiátrico, psicológico, social entre outros.

No Caps, os pacientes participarão de grupos operativos e oficinas de geração de emprego e renda, expressão plástica através da argila, sucata, entre outros. Haverá ainda reuniões periódicas com os familiares dos usuários e várias outras atividades, buscando a recuperação e a reinserção social.