João Pessoa
Feed de Notícias

Caps AD atende usuários de álcool e outras drogas no Bairro da Torre

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011 - 13:10 - Fotos: 
Os dependentes de álcool e drogas da Capital que querem se livrar do vício dispõem de tratamento gratuito no Centro de Atenção Psicossocial Regional para Usuários de Álcool e outras Drogas (Caps AD), mantido pelo Governo do Estado, no Bairro da Torre, em João Pessoa.

No Caps AD os usuários têm acompanhamento médico com clínico geral, psiquiatra e psicólogo, além de um assistente social e professores que desenvolvem atividades com cerâmica, música, pintura, reciclagem e esporte.

Os serviços da unidade, incluindo terapias e tratamento, funcionam na Rua Sinézio Guimarães, 163, Torre, de segunda a sexta, nos turnos manhã e tarde. De acordo com a Coordenadora de Saúde Mental do Estado, Shirlene Freitas, algumas especulações a respeito do fechamento da unidade surgiram recentemente, o que amedrontou alguns usuários e familiares.

“É preciso esclarecer que está acontecendo uma reformulação no funcionamento da unidade, principalmente na área que abrange os leitos para observação”, afirmou Shirlene.

O Caps AD foi inaugurado em setembro do ano passado para funcionar com leitos de observação, em plantões de 24 horas, mas para isso é preciso possuir a regulação necessária. Segundo a coordenadora, essa regulamentação ainda não existe, mas a documentação está em andamento no Ministério da Saúde.

Shirlene Freitas informou ainda que há um grande déficit de insumos e contas em atraso na unidade. “Precisamos fazer todos os ajustes necessários para que o atendimento à população não seja prejudicado, mas é preciso que fique claro o comprometimento dessa nova gestão com a questão da saúde mental no Estado, em especial aos usuários de álcool e outras drogas”, finalizou.

Na Paraíba existem nove unidades do Caps AD, que funcionam nas cidades de Campina Grande, Cabedelo, Cajazeiras, Guarabira, Patos, Piancó e Sousa. Na Capital, são três unidades voltadas para o tratamento de pacientes de álcool e drogas, sendo duas delas de gestão municipal.