João Pessoa
Feed de Notícias

Capital recebe peça “Cordel do Carro Encantado” na Semana do Trânsito

terça-feira, 20 de setembro de 2011 - 11:23 - Fotos: 

Produzido especialmente para a campanha de educação para o trânsito na Paraíba, o espetáculo itinerante “Cordel do Carro Encantado” será encenado nesta quarta (21) e quinta-feira (22), em João Pessoa. A primeira apresentação será no Ponto Cem Réis (Centro) e a segunda na Praça da Paz (Bancários), às 18h.

A peça de teatro de rua integra as ações da Semana Nacional do Trânsito na Paraíba, realizada pelo Governo do Estado a partir de parceria entre o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB) e Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc).

Este ano , a Semana Nacional de Trânsito se desenvolve sobre o tema “Pare, Pense, Mude”, levando a sociedade a refletir sobre de que maneira cada um pode contribuir para a construção de um trânsito melhor, mais seguro e mais humano.

O espetáculo estreou no último domingo (18), dentro da programação do Festival de Artes de Areia, no brejo paraibano. Na segunda-feira (19), foi encenado no município de Campina Grande, na Praça da Bandeira. Depois da capital paraibana, a peça segue para as cidades de Pocinhos e Patos, onde será apresentado em praças públicas nos dias 23 e 24, respectivamente.

O espetáculo – O Cordel do Carro Encantado, de autoria de Tarcísio Pereira, é encenado por  atores do grupo Quem Tem Boca é Pra Gritar, com direção de Myrthia Guimarães e supervisão de Humberto Lopes, especializado em técnicas de Teatro de Rua.

O espetáculo tem 50 minutos de duração e pretende despertar o público para a conscientização das regras do trânsito. Para tanto, foi concebida uma dramaturgia que conta a história de um acidente automobilístico em que tudo se sabe, menos quem foi o carro culpado pela colisão. Na comédia, todos os personagens são carros e motos, os atores interpretarão os veículos numa espécie de trama policial para se descobrir qual o carro foi responsável pela fatalidade no trânsito.

Uma peça cheia de surpresas, música e alegria, em ritmo de cordel, onde todas as falas são rimadas do início ao fim. Os atores vêm trabalhando na sua elaboração desde o mês de agosto. Além da encenação, a mesma história da peça foi adaptada para um folheto de cordel que será distribuído gratuitamente junto ao público e escolas estaduais de todo o Estado, como parte da campanha “Educação e Cultura no Trânsito”.

Ficha técnica

Texto: Tarcísio Pereira

Grupo teatral: Quem Tem Boca é Pra Gritar

Atores: Ademilton Barros, Andressa Barbosa, João Paulo, Joelson Topete, Maycon Nascimento,  Myrthia Guimarães, Raissa Soares, Cleiton Teixeira.

Diretor Musical: Cleiton Teixeira

Figurino e Adereço: Adriano Bezerra

Operação de som: Arthur Lopes

Produção Executiva: Gabriel Campos e Humberto Lopes

Direção: Myrthia Guimarães