João Pessoa
Feed de Notícias

Capacitação envolve profissionais de presídios de JP, CG, Patos, Santa Rita e Guarabira

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 - 17:23 - Fotos: 
A Secretaria de Estado da Saúde (SES) iniciou na manhã desta quarta-feira (9), a I Capacitação para Diagnóstico da Infecção do Vírus HIV, destinada a profissionais de presídios paraibanos. Trinta trabalhadores de nível superior (como médicos, enfermeiros, dentistas, assistentes sociais e psicólogos) que atuam nas equipes de saúde dos presídios de João Pessoa, Campina Grande, Patos, Santa Rita e Guarabira estão sendo capacitados para utilização do teste rápido da Aids, que vai identificar a presença do vírus em apenados. O evento acontece até a sexta-feira (11) no Hotel Verde Green, na Praia de Manaíra.

A gerente operacional da DST/Aids, Marta Brasileiro, disse que a parceria firmada com a Secretaria da Cidadania e Administração Penitenciária (Secap) é essencial, porque atende a política da Secretaria da Saúde de levar o teste rápido a locais de difícil acesso, neste caso específico às unidades prisionais do Estado.

“Temos que confessar que é complicado para nós, que não fazemos parte da Administração Penitenciária, realizar esses exames nessas casas de detenção, por diversas questões, mas agora o trabalho será feito de maneira segura e cômoda, pois os profissionais que irão fazer o teste conhecem toda a rotina dos presídios como também são conhecidos dos presos, o que vai facilitar o trabalho”,  disse.

Orientação – Ela lembrou que outra parceria importante para a realização do teste rápido foi firmada no último dia 30, com a Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), através da qual a Igreja Católica ficou encarregada de orientar e incentivar os fiéis a fazerem o exame que diagnostica o vírus.

Durante todo o dia desta quarta-feira, os participantes da capacitação foram orientados pela assistente social Dorotila Mendes sobre o acolhimento e o aconselhamento antes e depois do teste, independente do resultado ser positivo ou não. Nesta quinta-feira (10), a gerente operacional das DST/Aids, Marta Brasileiro, e as bioquímicas  Dalane Loudal e Sandra Aranha  irão ensinar a fazer o teste rápido. Já na sexta-feira, no presídio PB-I, em João Pessoa, os profissionais vão mostrar na prática o que aprenderam na teoria.

Programação – A gerente executiva de Atenção a Saúde da Secretaria da Secap, Ivana Carla Barros, explicou que a realização do teste rápido nas unidades prisionais do Estado faz parte das ações do Plano Estadual de Saúde do Sistema Penitenciário. Ela afirmou que no próximo dia 17 o exame será realizado no Presídio Padrão de Santa Rita, onde existem cerca de 300 apenados.

No dia 22, o teste acontecerá no Presídio Feminino de Campina Grande, onde estão 100 detentas. Ela adiantou que a partir do próximo ano será elaborado um cronograma e a Secap espera atender, até o final de fevereiro, todas as 63 unidades prisionais do Estado onde se encontram 8,5 mil apenados.

Assessoria de Imprensa da SES/PB