João Pessoa
Feed de Notícias

Capacidade do Porto vai ser duplicada com Terminal de Múltiplo Uso

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015 - 11:01 - Fotos:  José Marques

O Porto de Cabedelo terá um Terminal de Múltiplo Uso (TMU). O Protocolo de Intenções foi assinado pelo governador Ricardo Coutinho, um grupo europeu e outro brasileiro no mês de junho deste ano, na modalidade parceria público-privada (PPP) e os encaminhamentos estão em andamento. O objetivo do projeto, que prevê investimentos de R$ 500 milhões, é duplicar a capacidade de movimentação do porto.

A presidente da Companhia Docas da Paraíba, Gilmara Temóteo, destacou as obras que serão realizadas para melhor estruturar o Porto de Cabedelo. “Serão construídos dois novos berços de atracação com 600 metros de cais e mais 102 mil metros quadrados de área, possibilitando a armazenagem de contêineres”, disse a gestora.

O projeto está em fase de pedidos de licença ambiental e solicitação de liberação de área junto à Secretaria dos Portos e à Secretaria do Patrimônio da União. “Após a autorização desses órgãos, através do Protocolo de Intenções, as empresas estimam no prazo de um ano e meio a implantação do Terminal de Múltiplo Uso”, ressaltou Gilmara Temóteo.

De acordo com a presidente da Companhia Docas da Paraíba, a concretização do projeto será um marco para o Porto de Cabedelo que tem vocação hoje para movimentar graneis sólidos e líquidos e a nova fase seria o terminal próprio para contêineres. “O governador Ricardo Coutinho tem sempre um olhar muito decisivo para essas operações do porto e o governo federal precisa ainda fazer a liberação das áreas”, observou.

O TMU será custeado completamente pela iniciativa privada, através de parceria – joint venture (empreendimento conjunto) – entre a empresa paraibana Marlog Logística e o grupo português Mota-Engil. O Terminal de Múltiplo Uso deverá gerar cerca de 300 empregos diretos durante a fase operacional e mais 300 indiretos no decorrer das obras de implantação do empreendimento.

Como contrapartida, os investidores completarão a dragagem de aprofundamento do canal de acesso e da bacia de evolução do Porto de Cabedelo para 11 metros de profundidade. O Protocolo de Intenções prevê ainda a realização da manutenção das ruas de acesso ao TMU em Cabedelo pelo grupo privado. Serão realizados também programas de qualificação profissional para que o empreendimento absorva a mão de obra local.