Fale Conosco

15 de março de 2013

Campanha mobiliza homens no combate ao câncer de próstata



 Cerca de 50 homens compareceram ao Hospital Geral de Itapororoca, na sexta-feira (15), para participar da Campanha  de Combate  ao Câncer de Próstata organizada pelo Hospital e pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). Paciente de toda a região do Vale do Mamanguape serão beneficiados com a ação, que continuará na próxima quarta (20) e sexta-feira (22).

As atividades incluiram uma palestra ministrada pelo urologista Humberto Viana Coelho, sobre câncer de próstata, patologia clínica e tratamento, além disso, o palestrante abordou como o médico deve proceder com o paciente.

Para o urologista, ações como essa significam vida para o paciente e são de extrema importância, pois além de prevenir o câncer, reduz os custos com o tratamento da doença. “Com a avaliação médica periódica, o paciente previne a doença e consequentemente o Estado ganha com isso, já que não vai necessitar de disponibilizar recursos para o tratamento de pacientes em estado mais avançado”, defendeu.

Ainda de acordo com o urologista, a Sociedade Brasileira de Urologia registrou, no ano passado, 243 óbitos por câncer de próstata, o que representa uma média de 1 morte a cada 2 dias.

O funcionário público, Antônio Silva, de 47 anos destacou o empenho e o bom atendimento oferecido no hospital, ele falou ainda sobre a importância do homem se prevenir “É necessário que os homem deixem de lado o preconceito e se cuidem mais, para evitar que a vida não seja interrompida por falta de um exame tão simples, mas tão eficiente”, disse.

Além de Itapororoca,  a campanha vai atingir os municípios de Mamanguape, Capim, Cuité de Mamaguape, Curral de Cima,  Pedro Regis, Rio Tinto,  Baía da Traição, Marcação, Jacaraú e  Mataraca. O diretor geral do Hospital de Itaporoca disse que já fez contatos com todas as secretarias de saúde desses municípios solicitando que encaminhem os pacientes para serem submetidos ao exame “Os exames clínicos continuam na próxima semana, então é importante que os municípios mobilizem os homens sobre a importância da ação”, concluiu.

 Todos os homens que  tiverem problemas  nas vias urinárias ou casos de câncer de próstata na família podem comparecer ao hospital para se submeterem ao exame. O  Hospital de Itaporoca dispõe de vinte leitos e atende nas áreas  de clínica médica, ginecologia, cirurgia,  proctologia, pediatria, urologia e agora fonoaudiologia. A unidade de saúde atende mensalmente  cerca de 3 mil pessoas e realiza, nesse mesmo período, uma média de 30 cirurgias eletivas e até de urgência.