João Pessoa
Feed de Notícias

Campanha de Vacinação do Idoso continua na Paraíba

segunda-feira, 10 de maio de 2010 - 09:10 - Fotos: 

A Campanha de Vacinação do Idoso começou, oficialmente, neste sábado (8), no Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste. Na Paraíba, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) abriu o ‘Dia D Contra a Gripe’ no Lar da Providência Carneiro da Cunha, em João Pessoa, onde vivem 130 idosos. O Estado está entre os 17 que tiveram o início da campanha atrasado e, no final da manhã deste sábado, era o segundo com a maior cobertura da população-alvo, com 57.500 vacinados (14,02% do total), atrás apenas de Minas Gerais, que tinha imunizado 14,77% de seus idosos. Quem faz parte dos grupos prioritários para vacinação contra a gripe sazonal e contra a H1N1 e não foi imunizado só tem mais 13 dias para procurar um posto de vacinação.

O coordenador-geral da SES, Estanislau Barbosa, representou o secretário José Maria de França, durante a solenidade, justificando a ausência dele e do governador José Maranhão, que deveriam participar da abertura da campanha, mas tiveram que cumprir uma agenda de trabalho, no Sertão do Estado. “O secretário lamentou muito não poder estar aqui hoje, pois esta é uma das maiores ações de prevenção da saúde e ele sempre fez questão de estar presente nas aberturas das campanhas. A Paraíba tem se destacado no País, conseguindo sempre atingir as metas de vacinação e esperamos que isso aconteça mais uma vez”, disse.

Gripe mata – O médico Estanislau Barbosa também aproveitou o momento para fazer um alerta sobre as complicações das gripes, de uma forma geral, que podem levar à morte. “Todo o mundo está muito preocupado com a nova gripe, a pandêmica H1N1, mas é importante lembrar que a gripe comum ainda é, hoje, a que causa o maior número de mortes no mundo e na Paraíba, principalmente entre os idosos. Por isso, é importante que todas as pessoas dos grupos de risco tomem a vacina, tanto contra a gripe comum, quanto contra a H1N1”, lembrou.

O coordenador estadual da Imunização, Walter Albuquerque, destacou que a campanha de vacinação contra a gripe no Brasil é um dos maiores eventos do mundo. Ele lembrou que o País está vacinando mais de 110 milhões de pessoas contra a gripe, sendo 92 milhões contra a H1N1 (crianças menores de 2 anos, gestantes, jovens e adultos entre 20 e 39 anos, indígenas, doentes crônicos e profissionais de saúde) e o restante contra a influenza sazonal (idosos com mais de 60 anos).

Dança e vacinação – A Banda de Música da Polícia Militar e o grupo de dança Fênix animaram a platéia, na manhã deste sábado, na abertura da campanha, no Lar da providência. O ritmo cigano e as cores das vestimentas do grupo atraíram a atenção do público, formado, em sua maioria por idosos que vivem no Lar da Providência ou moram nos bairros próximos e aproveitaram a ocasião para tomar a vacina. Os aposentados Maria Rosa de Lucena, 92 anos, e Wilson de Sá Bezerra, 78, foram os primeiros na fila da vacinação.

“É claro que vou tomar a vacina. Tive filhos, cuidei deles, eles se casaram e agora eu cuido de mim e minha saúde está muito boa”, disse ‘Dona Rosa’ que é carioca, mas mora há um ano no Lar da Providência, por escolha dela, e tem uma lucidez de causar ‘inveja’. Já ‘Seu Wilson’ não vive no abrigo, mas mora no Bairro dos Estados, há 20 anos, soube que iria ter vacinação no Lar da Providência e compareceu. “Eu vou tomar as duas vacinas, porque sou diabético. Vai ser uma de um lado (em um braço) e a outra do outro”, disse decidido.

Segundo estimativa da Coordenação Estadual de Imunização, o ‘Dia D’ contou com a participação de mais de 5 mil profissionais de saúde, distribuídos em 1.540 postos fixos e volantes. O objetivo da mobilização estadual – coordenada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) e executada pelos municípios – foi abrir oficialmente a Campanha de Vacinação do Idoso (contra a gripe comum) e reforçar a estratégia de vacinação contra a gripe pandêmica H1N1 para todos os grupos prioritários. A SES lembra que gripe e pneumonias mataram 2.676 paraibanos, entre 2005 e 2009, e 71,89% deles eram idosos.

Segundo dados do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI), até o final da manhã deste sábado 1.011.922 paraibanos haviam se vacinado contra a gripe pandêmica H1N1. A estimativa da SES é que mais de 1,7 milhão de paraibanos estejam inclusos nos grupos prioritários para tomar esta vacina. Já contra a gripe comum, a Paraíba havia vacinado 57.500 dos mais de 410 mil idosos, que devem ser imunizados até o final da campanha, no dia 21 deste mês de maio.

Vacinação de idosos (Fonte SI-PNI/MS)
ESTADO POPULAÇÃO VACINADOS COBERTURA
AL 248.845 1.191 0,48%
BA 1.398.035 51.739 3,70%
CE 806.362 34.466 4,27%
MA 494.775 4.874 0,99%
PB 410.140 57.500 14,02%
PE 875.084 33.393 3,82%
PI 276.867 2.579 0,93%
RN 304.522 5.172 1,70%
SE 170.490 798 0,47%
NORDESTE 4.985.120 191.712 3,71%
ES 339.936 1.726 0,51%
MG 2.216.447 327.430 14,77%
RJ 2.017.929 7.413 0,37%
SP 4.535.697 116.296 2,56%
SUDESTE 9.110.009 452.865 5,07%
DF 186.530 0 0,00%
GO 525.170 6.341 1,21%
MS 222.650 1.256 0,56%
MT 225.031 7.368 3,27%
C.OESTE 1.159.381 14.965 1,40%
BRASIL 19.428.086 3.034.819 15,62%

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Da Assessoria de Imprensa da SES/PB