João Pessoa
Feed de Notícias

Campanha “Dê oportunidade Ninguém Nasce Sabendo” lançada em João Pessoa

sábado, 3 de dezembro de 2016 - 11:05 - Fotos:  Alberto Machado

A Campanha “Dê Oportunidade. Faça diferente, ninguém nasce infrator”, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) foi lançada nesta sexta-feira pela Pastoral do Menor da Arquidiocese da Paraíba, no auditório do Seminário Arquidiocesano, no Castelo Branco.

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (Sedh) apoia a campanha, que visa sensibilizar a sociedade sobre o significado humano, social e político das Medidas Socioeducativas (MSE) para a vida dos adolescentes que cometem atos infracionais.

A gerente de assistência social da Sedh, Patrícia Oliveira, representou a secretária Cida Ramos. Ela destacou o compromisso da Sedh e do Governo do Estado com a criança e o adolescente citando programas como o PPCAAM (Programa de Proteção a Criança e Adolescente Ameaçado de Morte), o Prima (Projeto de Inclusão Social através da Música e das Artes), entre outros que ajudam a garantir a efetivação dos direitos de crianças e adolescentes no Estado.

O evento, que iniciou com a apresentação cultural de crianças e adolescentes, contou a presença do administrador apostólico da Arquidiocese da Paraíba, Dom Genival Saraiva de França, além da promotora da infância e juventude, Soraya Escorel, entre outras autoridades área criança e adolescente e representantes do Sistema de Garantia de Direitos da Paraíba.

Compromisso de todos – Outro objetivo da Campanha é pautar os governos e executores das políticas públicas e todos os atores dos Sistema de Garantia dos Direitos sobre as necessidade de fortalecimento a aprimoramento do Sistema Socioeducativo (Sinase); divulgar as práticas exitosas na efetivação das MSE, seja nos projetos da Pastoral do Menor como dos parceiros.

A Campanha é voltada para gestores de políticas públicas, sistema judiciário, conselhos de controle social e tutelares, educadores sociais, adolescentes, escolas, representantes de comunidades e movimentos sociais em geral. Durante o lançamento, foi apresentado material impresso e audiovisual para dar apoio à realização de oficinas, rodas de conversas, seminários e audiências públicas.