João Pessoa
Feed de Notícias

Campanha da PBGás destaca economia de abastecer com  gás natural

quarta-feira, 22 de abril de 2015 - 11:47 - Fotos:  Secom-PB

Em meio ao cenário de alta no preço da gasolina e do álcool, o uso do Gás Natural Veicular (GNV) torna-se atrativo e gera economia de mais de 50% para os motoristas. É pensando nisso que a PBGás (Companhia Paraibana de Gás) lança, nesta quinta-feira (23), uma campanha publicitária que explica as vantagens econômicas e ecológicas do uso do combustível e da adesão ao Programa de Incentivo ao GNV.

No material da campanha intitulada “Gás Natural Veicular – Seu Bolso Agradece”,um frentista se transforma em professor e dá uma aula da economia que representa o uso do gás natural.  Enquanto o preço médio do litro da gasolina nos postos de João Pessoa é de R$ 3,08 e em Campina Grande é de R$ 3,39, o preço médio do metro cúbico (m3) do GNV é de R$ 1,99 na Capital e R$ 2,20 em Campina. Além disso, o veículo movido a gás natural apresenta melhor desempenho, já que o custo por km é de R$ 0,15 enquanto o da gasolina custa R$ 0,31 centavos.

O presidente da PBGás, George Morais, destacou que, além das vantagens econômicas e ambientais, os motoristas que converterem seu carro para o gás natural nas lojas credenciadas terão ainda mais benefícios como um bônus no valor de R$ 600,00 para kits 5ª geração (mais modernos) ou carros novos movidos a gás durante a vigência do programa, ou R$ 450,00 para kits de 2ª ou 3ª geração.   “Com o bônus, o motorista vai rodar cerca de 4000 km com GNV”.

“Estamos ampliando o Programa de Incentivo ao Uso do Gás Natural, estimulando o consumo de um combustível mais econômico neste período de aumento de preços, tornando-o ainda mais atrativo para o motorista”, destacou George Morais.

O diretor técnico e Comercial da PBGás, Carlos Vasconcelos, disse que para quem roda 100 km/dia e, principalmente, para quem tem no veículo um instrumento de trabalho, o GNV torna-se imprescindível, pois em apenas um ano este motorista economizará  R$ 5.760 e R$ 17.500 em três anos.  “Esse dinheiro dá para bancar a troca por um carro popular zero km e, no caso de taxistas, que rodam cerca de 200 km/dia, a economia seria de R$ 34 mil em três anos, valor que daria para comprar um segundo taxi zero km”, comparou.

Meio Ambiente -          De acordo com David Mouta, diretor Administrativo e Financeiro, a PBGás espera ampliar a frota de veículos movidos a gás natural na Paraíba que é de 21.552 carros (até dezembro de 2014). “Isso seria bastante vantajoso para os motoristas que aderirem a esta nova opção de combustível, bem como para a população como um todo, uma vez que diminuiria o quantitativo de veículos mais poluentes”, destacou.

O taxista Fábio Luna Freire, que utiliza o gás natural há 13 anos, reforçou que o fator principal para optar pelo combustível é a economia, já que o combustível é mais barato e roda mais.  Ele também destacou que há seis meses comprou um carro novo e rodou alguns meses com gasolina e sentiu que ficava difícil diante do alto custo. “Em um mês de alta estação, rodo em média 8 mil km e preciso desembolsar R$ 2 mil com a gasolina. Já com o GNV passei a pagar cerca de R$ 1 mil, uma economia de 50%, que garante uma maior lucratividade no meu negócio”, explicou o taxista.

Empreender Paraíba - Aconversão para o gás natural também pode ser financiada com taxa de 0,64% ao mês  em até 24 meses para  taxistas, frotistas e profissionais de transportes. O valor do crédito liberado cobre todas as despesas da instalação do kit, num financiamento com carência de quatro meses para iniciar o pagamento.

A linha de crédito é fruto de um convênio firmado entre a PBGás e o Programa Empreender Paraíba. Mais detalhes sobre as convertedoras credenciadas, e também o Programa de Incentivo ao GNV, podem ser consultados no site www.pbgas.com.br, ou no Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC), pelo 0800 281 0197.