João Pessoa
Feed de Notícias

Campanha contra hanseníase terá panfletagem e exames dermatológicos

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011 - 10:21 - Fotos: 
Panfletagem e exames dermatológicos serão realizados durante a ‘Campanha Hanseníase 2011’ que a Secretaria de Estado da Saúde (SES) vai realizar deste sábado (29) até a segunda-feira (31). A ação serve para lembra o Dia Mundial de combate à doença, que transcorreu na segunda-feira (24).

Nos últimos dois anos, os registros da SES indicam 1.318 casos de hanseníase. Em 2011, o Núcleo de Doenças Endêmicas da Secretaria ampliará o grupo de auto-cuidado, hoje existente nas cidades de Campina Grande, Pedras de Fogo, Bayeux, Cajazeiras, Cabedelo e João Pessoa (no Complexo Hospitalar Clementino Fraga).

“Será uma das ações prioritárias. Através dos grupos, um profissional da SES orienta os pacientes sobre o tratamento da doença e outros agravos, além de tirar todas as dúvidas que surgem com relação à hanseníase”, explica a chefe do Núcleo de Doenças Endêmicas, Mauricélia Holmes.

O Programa de Controle da Hanseníase (PCH) existe em 219 dos 223 municípios paraibanos. Somente Barra de São Miguel, Rio Tinto, Parari e Malta ainda não foram incluídos, o que ocorrerá este ano.

O Hospital Clementino Fraga, em João Pessoa, é referência para o tratamento integral da hanseníase, que conta com uma equipe multidisciplinar atendendo diariamente os pacientes.  

A doença – A hanseníase é uma doença causada pelo Mycobacterium leprae, um micróbio que apresenta afinidade através da pele e dos nervos periféricos. Ela é classificada como uma doença infecciosa e crônica. Tem como sintomas manchas esbranquiçadas, avermelhadas ou amarronzadas em qualquer parte do corpo, com perda ou alteração de sensibilidade, queda de pêlos, especialmente nas sobrancelhas, sensação de formigamento, entre outras.

Quando não é tratada no início, a doença pode deixar sequelas como o pé caído. O tratamento específico é encontrado nos serviços públicos de saúde e consiste na associação de antibióticos. A pessoa doente em tratamento não transmite a doença.

Programação da Campanha – As atividades da “Campanha Hanseníase 2011” começam, às 7h30, com missa campal na Colônia Getulio Vargas, em Bayeux, onde vivem 14 famílias. Em seguida será oferecido um café da manhã.

No domingo, também haverá celebração na Catedral Basílica de Nossa Senhora das Neves, onde serão distribuídos panfletos com orientações sobre a doença.

Na segunda-feira, às 7h30, no Clementino Fraga, está programado um culto ecumênico, em seguida haverá apresentação de artistas da terra e um café da manhã. No período da tarde, será realizada uma panfletagem no Terminal de Integração do Varadouro, alertando sobre os sintomas da hanseníase e serão feitos exames para detecção da doença.