João Pessoa
Feed de Notícias

Campanha contra febre aftosa realiza formação de vacinadores para agricultores

quinta-feira, 25 de março de 2010 - 14:12 - Fotos: 
A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-PB) adota estratégia preparatória para dinamizar a 1ª etapa da Campanha de Erradicação da Febre Aftosa que acontece a partir da próxima quinta-feira (1º) em toda a Paraíba através da Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap), com cursos de Formação de Vacinadores para agricultores em dois municípios paraibanos. Os 23 certificados do primeiro treinamento, ministrado através do escritório regional da empresa em João Pessoa foram entregues nesta quinta-feira (26), às 10h na Câmara Municipal no Centro de Caaporã.

De acordo com o coordenador do escritório regional da Emater em João Pessoa, Guilherme do Nascimento Soares, por determinação da atual diretoria colegiada da empresa, o escritório da Capital tem buscado melhorar o nível de assistência técnica aos 23 municípios de área de atuação da unidade. “No caso específico da Formação de Vacinadores, estão programados mais quatro treinamentos. O próximo acontecerá na próxima segunda-feira (29), no município de Sobrado. Os demais, o local do curso ainda está em processo de decisão”, disse.

O veterinário e assessor de Pecuária do escritório regional da Emater em João Pessoa, Manuelito Borges, informou que no treinamento de 20 horas/aula foram ministrados temas sobre as vias de aplicação da vacina contra a febre aftosa, higienização para aplicação da vacina, conservação de vacinas e manejo do rebanho a ser vacinado. Já na parte prática, os alunos puderam vacinar mais de 150 bovinos na Propriedade Muitos Rios, zona rural de Caaporã. “Nos próximos treinamentos, além de ser informado sobre a Febre Aftosa, o público alvo terá informações sobre outras patologias animais de controle sanitário, como a brucelose e a tuberculose”, adiantou.

Campanha - Manuelito Borges faz uma orientação e apelo aos agricultores no sentido de cumprirem as duas fases da campanha anual de erradicação da febre aftosa: a primeira que acontece de 1º a 30 de abril, e a segunda que é realizada de 1º a 30 de outubro.

O presidente da Emater, Hermano Araújo, informou que a empresa não tem medido esforços para ajudar a Sedap na guerra contra a doença que além de causar prejuízos ao efetivo bovino, provoca um déficit na balança comercial com a venda de animais, não só da raça bovina, mas de outras. “Já obtivemos um avanço na situação sanitária quando este governo direcionou ações efetivas ocasionando a mudança de risco desconhecido para médio risco. Mesmo assim, queremos atingir a certificação de zona livre com vacinação”, disse o gestor que também é especialista em bovinocultura.

O gerente executivo de Defesa Agropecuária da Sedap, Jamir Mascena, faz um alerta aos agricultores e pedem que após a vacinação dos animais, procurem os escritórios da Emater ou secretaria para fazer a comprovação até o dia 10 de maio deste ano. Para isso é necessário levar documentos comprobatórios da iniciativa, como a nota fiscal, declaração do rebanho – que é disponibilizada para preenchimento no ato da compra das vacinas – e frasco das vacinas com tampa. “Depois do dia 10 de maio será emitida uma lista dos inadimplentes e posteriormente serão procurados pelos técnicos da Defesa Agropecuária que farão a entrega de um auto de infração, cuja multa é de R$ 150,00 por animal”, destacou.

Ele adiantou que além de pagar a multa, os agricultores terão a obrigação de vacinar os animais. “A meta desta campanha é atingir 90% do rebanho bovino no Estado, estimado em 1.244.266 cabeças de gado”, disse.

Da Assessoria de Imprensa da Emater-PB