Fale Conosco

23 de março de 2012

Campanha ‘Descarte Responsável’ é destaque em fórum de entidades estaduais de TI



A campanha “Descarte Responsável”, promovida pelo Governo do Estado por meio da Companhia de Processamento de Dados (Codata), em parceria com a RCTec Resíduos Eletrônicos, é destaque na Reunião do Fórum de Diretores Administrativos e Financeiros da Associação Brasileira de Entidades Estaduais de TI (Abep), que está sendo realizada em Teresina (PI).

A iniciativa propõe a conscientização da população sobre a importância do descarte e destinação adequada de equipamentos de informática, aparelhos celulares e suas respectivas baterias para a reciclagem. A campanha começou em outubro do ano passado e foi pensada para resolver, incialmente, um problema administrativo da própria Codata. “Tínhamos uma grande quantidade de lixo eletrônico, com máquinas antigas e irrecuperáveis, sem qualquer condição de atender às necessidades do serviço que prestamos. Então vimos que essa também é a realidade de outras empresas de tecnologia, que, diferente de nós, ainda não encontrou uma forma adequada para solucionar ol problema”, explicou a diretora Administrativa e Financeira da Codata, Célia Barreto.

Para a gestora, a apresentação da campanha “Descarte Responsável” para representantes das demais entidades públicas de TI do país é uma oportunidade de dividir experiências positivas e de ampliar o alcance dos bons resultados obtidos. “Apontamos soluções não só para as empresas de TI, mas também para a sociedade, que, embora em escala bem menor, vive o mesmo dilema”, disse a diretora da Codata. Segundo ela, com a rápida obsolescência dos equipamentos, cujo descarte não pode acontecer como outros tipos de lixo, pelo alto grau de contaminação e alto custo da reciclagem, o acúmulo desses resíduos acaba se transformando em um problema.

Entre as soluções apontadas pela Campanha “Descarte Responsável” para reutilização dos equipamentos considerados inservíveis estão as parcerias com projetos sociais que atuam na inclusão digital de pessoas e comunidades carentes; a disponibilização de coletores específicos para este tipo de material, para que a população possa realizar o devido descarte; a divulgação dos pontos de coleta; e a parceria com empresa especializada e certificada em descaracterização e reciclagem do lixo eletrônico.

Tais soluções foram bem aceitas pelas demais empresas de TI do país e devem ser aprofundadas na próxima reunião de Diretores Administrativos e Financeiros da Abep. “O tema é de fundamental importância para o nosso setor e, quanto mais essas experiências positivas forem aprofundadas e disseminadas, mais poderemos caminhar para o desenvolvimento sustentável”, disse Alexandre Gitahy, vice-presidente de Gestão da Abep.

Descarte Responsável – A campanha “Descarte Responsável” continua. A população pode entregar os equipamentos de informática considerados lixo eletrônico nos pontos de coleta, cujos endereços podem ser conferidos no site da Codata (www.codata.pb.gov.br), por meio do banner da campanha.