Fale Conosco

19 de fevereiro de 2013

Calor e alta concentração de umidade no ar podem provocar chuvas no Sertão



O boletim de análise e previsão meteorológica divulgado pela Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa) aponta a possibilidade de voltar a chover no interior do Estado. A precipitação deve ser provocada pela alta concentração de umidade presente no ar combinada ao calor.

Nesta terça-feira (19), o céu está parcialmente coberto em grande parte do Estado, o que pode favorecer as pancadas de chuva nos períodos da tarde e noite, principalmente no Semiárido paraibano. “A região do Sertão está mais propícia para chuvas. Mas isso não quer dizer que o fenômeno meteorológico não possa ocorrer no Litoral ou no Brejo”, alertou a meteorologista Carmem Becker.

De acordo com o boletim, as regiões do Litoral, Brejo e Agreste devem apresentar sol entre nuvens com possibilidade de chuvas isoladas. Na primeira, a temperatura deve ficar entre a máxima de 30°C e mínima de 24°C. Na segunda, o termômetro varia entre 28°C e 20°C. E nesta última, de 29°C a 21°C. Já no Cariri, Curimataú, Sertão e Alto Sertão o céu fica parcialmente nublado com chuvas isoladas no fim do dia e temperaturas entre 35°C e 21°C. Os ventos esperados para todas as regiões devem ficar entre fracos e moderados. A previsão completa está disponível na internet, no site da Aesa (www.aesa.pb.gov.br).

Durante o final de semana as estações meteorológicas da Aesa registraram chuvas em 78 cidades paraibanas. A região mais atingida foi o Sertão, onde 23 municípios tiveram precipitações. Mas a maior concentração aconteceu em Alhandra, no Litoral Sul, que recebeu 109,3 milímetros de chuva.