Fale Conosco

12 de junho de 2009

Cajazeiras ganha um novo aeroporto até início de 2010, garante Maranhão



Até o início de 2010, a região de Cajazeiras contará com um moderno aeroporto. Além da pista de pouso, o local também ganhará hangar e estação de passageiros. O anúncio foi feito pelo governador José Maranhão ao assinar, nesta sexta-feira (12), a ordem de serviço para o início das obras, que agora representam um investimento de R$ 5,5 milhões. A classe empresarial aplaudiu a medida e entregou um documento agradecendo as novas instalações do aeroporto na localidade Vale Verde.

Os recursos previstos para investimento nas obras de construção do aeroporto de Cajazeiras eram da ordem de R$ 3,3 milhões, mas o governador José Maranhão determinou o aumento no valor da verba para dotar o local de toda infraestrutura necessária ao pouso das aeronaves e conforto dos passageiros. Ele ainda anunciou a construção de uma estrada de acesso ao aeroporto, numa extensão de 500 metros a partir da BR-230.

Ao assinar a ordem de serviço, ele ressaltou o apoio da classe empresarial para que o Governo do Estado realize mais este benefício para Cajazeiras e cidades circunvizinhas, bem como para algumas cidades do Ceará. Ele comentou que o aeroporto possibilitará a redução da distância entre João Pessoa e Cajazeiras para uma hora de viagem.

O governador determinou o início imediato das obras independente da licitação que vai ser realizada para aplicação do restante dos recursos, tendo em vista que apenas R$ 1,158 milhão será administrado pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER), órgão responsável pela obra. Os serviços de desmatamento e terraplanagem do local já foram iniciados.

Hospital – Na entrevista que concedeu à imprensa, ele lembrou que aumentou de R$ 120 mil para R$ 490 mil o valor do repasse dos recursos para o Hospital Regional de Cajazeiras. Ele também garantiu uma ajuda financeira para os festejos juninos do município.

Estiveram presentes à solenidade a secretária da Comunicação, Lena Guimarães; o secretário da Casa Civil, José Ricardo Porto; o prefeito de Cajazeiras, Léo Abreu; os deputados Jeová Campos e Wilson Santiago e o superintendente do DNIT, Expedito Leite, entre outras autoridades e lideranças políticas da região.