Fale Conosco

23 de fevereiro de 2012

Cagepa pede apoio à Semam para combater ligações irregulares de esgoto em João Pessoa



O presidente da Cagepa, Deusdete Queiroga, encaminhou nesta quinta-feira (23) documento à Secretaria do Meio Ambiente de João Pessoa (Semam-JP), solicitando o apoio do órgão para atuar no combate às ligações irregulares na rede de esgotamento sanitário em vários bairros de João Pessoa.

Segundo ele, nos últimos dias, vem aumentando significativamente o número de reclamações em relação ao surgimento de obstruções na rede de esgotamento sanitário, sobretudo, no Jardim Cidade Universitária e Altiplano Cabo Branco. “A ideia é realizarmos uma ação conjunta no sentido de fiscalizar, autuar e coibir esse tipo de prática que vem causando danos ao meio ambiente, ao patrimônio público e à população desses bairros”, enfatizou.

“Quando assumimos a direção da Cagepa, em janeiro de 2011, nos deparamos com as obras de implantação do sistema de esgotamento sanitário do Jardim Cidade Universitária e Altiplano Cabo Branco inconclusas e paralisadas. Após um esforço concentrado, envolvendo técnicos da Cagepa e auxiliares do Governo do Estado, conseguimos, junto ao Governo Federal, a autorização para a retomada dos serviços. Atualmente, as obras nestes bairros estão em andamento, com prazo de conclusão previsto para até o final deste ano”, explicou o presidente.

O problema, de acordo com Deusdete, é que vários moradores estão efetuando, por conta própria e sem a devida autorização da Cagepa, as ligações de suas residências à rede coletora de esgotos que ainda não está em funcionamento. “Quando as obras estiverem concluídas, comunicaremos a todos os moradores o momento certo de efetuarem suas ligações. Por enquanto, quem estiver fazendo essas ligações, está praticando um ato ilegal, que causa dano ao meio ambiente e danifica o asfalto das ruas e avenidas”, concluiu Deusdete, acrescentando que o objetivo é iniciar a fiscalização imediatamente.