Fale Conosco

19 de julho de 2011

Cagepa consegue restabelecer abastecimento d’água em 14 bairros de João Pessoa



Catorze dos 28 bairros da cidade de João Pessoa que tiveram o abastecimento de água suspenso pela Cagepa no último domingo (17) começaram a ter o serviço restabelecido nesta terça-feira (19). O corte no fornecimento foi motivado pela inundação das estações elevatórias da barragem de Marés em consequência das fortes chuvas registradas durante o final de semana no litoral paraibano.

De acordo com o presidente da Cagepa, Deusdete Queiroga, o abastecimento, mesmo de forma intermitente, começou a ser restabelecido no Bairro dos Estados, Torre, Jardim Treze de Maio, Ipês, Mandacaru, Expedicionários, Tambauzinho, Conjunto Pedro Gondim, Cruz das Armas, Oitizeiro, Funcionários I, Jardim Planalto, Novais e parte do Jaguaribe.

Deusdete explicou que o fornecimento d’água nesses bairros da Capital só foi possível ser retomado graças à reativação de uma das unidades elevatórias da barragem de Marés. “Na madrugada de hoje, conseguimos ligar um motor de 750cv que bombeia água para os reservatórios da Torre e de Cruz das Armas, que fazem a distribuição de água para outros bairros de João Pessoa”, explicou.

O presidente adiantou, ainda, que a previsão da Cagepa é colocar em funcionamento, na manhã desta quarta-feira (20), todas as unidades elevatórias da barragem de Marés e, consequentemente, restabelecer o fornecimento d’água nos outros 14 bairros de João Pessoa, além de todo o município de Bayeux e do distrito de Várzea Nova, em Santa Rita.

“Já conseguimos colocar em operação o sistema que atende os conjuntos Tibiri II e Marcos Moura, em Santa Rita. Nesta quarta-feira, esperamos colocar todos os sistemas em funcionamento, o que vai garantir a retomada do abastecimento, ainda de forma intermitente, em todas as áreas atingidas pela inundação das estações elevatórias de Marés”, enfatizou Deusdete Queiroga, acrescentando, porém, que a previsão da Cagepa é normalizar todo o abastecimento a partir desta quinta-feira (21).

Outras cidades – O presidente fez, ainda, um balanço da retomada do abastecimento d’água em outras cidades abastecidas pela Cagepa que foram atingidas pelos efeitos das chuvas. Em Salgado de São Félix e Mogeiro, o abastecimento já está normalizado. Em Itabaiana, 70% da cidade já teve o fornecimento restabelecido. Em Pilar, Juripiranga, Mulungu e Gurinhém, a Cagepa prevê a normalização dos serviços para esta quarta-feira.

No município de Areia, equipes da Cagepa conseguiram executar a desobstrução da adutora e a Energisa conseguiu restabelecer o fornecimento de energia no sistema operado pela Cagepa. A previsão é o sistema volte a ser retomado durante a madrugada.

Em Alhandra, a parte baixa da cidade está sendo atendida normalmente. Já nas residências que ficam na parte alta, a Cagepa só poderá reativar o poço que abastece a região quando o nível do rio baixar. No Conde, o principal poço da cidade deve ser reativado durante a madrugada, enquanto que os três menores, só após o nível do rio baixar.

Em Alagoa Grande, segundo o presidente Deusdete Queiroga, uma das adutoras que abastece a cidade está sendo consertada pelos técnicos da Cagepa e deve entrar em funcionamento a partir desta quarta. A outra, porém, só após o nível do rio baixar.