Fale Conosco

19 de janeiro de 2018

Bombeiros realizam capacitação em combate a incêndios florestais



19.01.18 bombeiros 3 1 270x151 - Bombeiros realizam capacitação em combate a incêndios florestaisO Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba (CBMPB) realizou esta semana um minicurso de capacitação em Combate a Incêndios Florestais, por meio da 1ª Companhia Independente de Bombeiro Militar (CIBM). As instruções ocorreram no município de Lucena, nas imediações do Santuário da Guia, em um local apropriado e autorizado pelos órgãos ambientais.

Participaram como alunos sete militares pertencentes à 1ª CIBM, que receberam instruções do tenente Benevaldo Pessoa, sob a coordenação do capitão Santos Júnior. O curso foi idealizado pelo comandante da unidade, major Charlton Ribeiro. Os militares puderam  praticar técnicas de prevenção, como fazer “aceiros”, que são escavações rasas para evitar o alastramento o fogo, além de táticas de combate com abafadores e mochilas costais que bombeiam água.

19.01.18 bombeiros 1 1 270x167 - Bombeiros realizam capacitação em combate a incêndios florestaisForam utilizados ainda facões, foices, enxadas, pás, gadanhos, e outros materiais de “sapa” para controle e manejo da vegetação preventivamente ou já em estágio de incêndio. O treinamento foi realizado de forma que passo a passo os combatentes foram praticando e aprimorando o trabalho, o qual exige grande esforço físico daquele que atua nessas operações, por ser uma atividade manual de repetição.

19.01.18 bombeiros 2 1 270x190 - Bombeiros realizam capacitação em combate a incêndios florestais“Este treinamento visa aperfeiçoar o nosso trabalho, uma vez que todo ano temos incêndios florestais, mesmo que de pequena proporção, sendo em sua maioria provocados pela ação humana, o que configura crime ambiental. O período que é compreendido entre a primavera e verão é quando temos um clima mais seco e junto com a escassez de chuvas o solo fica mais propício para este tipo de ocorrência. Com os conhecimentos passados temos a oportunidade de melhorar nossas aptidões, observando o comportamento do fogo, vento, vegetações, e atentando também para o melhor aproveitamento dos equipamentos de proteção individual, hidratação, cuidados com insolação, etc.”, explicou o instrutor tenente Benevaldo Pessoa, que é especialista na área de combate a incêndios florestais.