João Pessoa
Feed de Notícias

Bombeiros militares de todo Brasil participam de oficinas do Senabom 2017  

terça-feira, 7 de novembro de 2017 - 17:50 - Fotos:  Divulgação

Dentro da programação da XVII edição do Seminário Nacional de Bombeiros (Senabom 2017), do Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba (CBMPB), aconteceram nesta terça-feira (7) oficinas pré-congresso e a 2ª Mostra Científica dos Alunos do Curso de Formação de Oficiais do CBMPB.

No Centro de Convenções, os cursos ministrados englobaram diversas áreas de atuação dos bombeiros,  a exemplo do ‘Fenômeno Flashover’, que é o combate a incêndio em ambiente confinado. Coordenado pelo  tenente coronel Jean Benício, do CBMPB, além da explanação teórica, o curso contou com orientações práticas.

Entre os temas abordados estão: progressão do bombeiro no ambiente incendiado, equipamentos de proteção individual e respiratória para atendimento desse tipo de ocorrência, tipos de jato de água, entrada em ambiente fechado e ensaio de queima de material combustível simulando um incêndio.

Para as demonstrações, foi utilizado um container, com o objetivo de aproximar os participantes da situação vivenciada em um incêndio real. Segundo o major José Antônio Rocha, um dos instrutores do curso, tal atividade é de grande relevância para a atividade bombeiro militar, pois o combate a incêndio é muitas vezes o que identifica a corporação por parte da sociedade e salva vidas.

Para ele, este minicurso compondo a grade científica do Senabom irá renovar os conhecimentos na área tanto dos bombeiros da Paraíba, como daqueles pertencentes às corporações coirmãs e os bombeiros civis que também participaram do treinamento . Além da área de combate a incêndio, os minicursos abordaram temas como: Segurança Estrutural e Compartimentação de Ambientes, que teve como um dos instrutores Rogério Lin.
“A proteção passiva é tão importante quanto a proteção ativa e o combate a incêndios, visto que ela minimiza os seus danos e garante a segurança dos combatentes durante um sinistro”, disse ele.

No mesmo horário, também ocorreu a qualificação sobre o atendimento de ocorrências envolvendo produtos perigosos, com o coronel João Vanderley Costa Pereira, do Corpo de Bombeiros do Maranhão. “O conhecimento nesta área é essencial, pois qualquer ocorrência pode envolver produtos perigosos e saber como lidar diante destas situações pode garantir a segurança de todos no local do incidente”, observou.

Com explanações teóricas e também atividades práticas, a tenente coronel Karina Homobono ministrou o curso de suporte básico à vida, com foco em reanimação cardiopulmonar (RCP) e desobstrução de vias aéreas. “Todas as atividades de bombeiros perpassam pelo atendimento pré-hospitalar, e todos, desde o coronel mais antigo ao soldado devem ter esse conhecimento”, destacou.

Mostra científica – A vice-comandante da Academia de Bombeiro Militar Aristarcho Pessoa,  capitã Iolanda Ribeiro, contou que a  2ª Mostra Científica dos alunos do CFO teve como objetivo “fomentar a pesquisa científica e aprimorar os conhecimentos adquiridos nos três anos de curso nas diversas áreas, abordando temas do fator psíquico, social, a satisfação pública, e o combate a incêndio.”

Foram apresentados 20 trabalhos, de autoria dos alunos do 3º ano do Curso de Formação de Oficiais (CFO). As produções serviram de nota de Conclusão de Curso. Na ocasião, os cadetes foram avaliados por uma banca formada pelo orientador do trabalho e docentes da academia, como também professores convidados.