João Pessoa
Feed de Notícias

Bolsas de sangue vindas dos hemonúcleos do interior reforçam a disponibilidade na Grande João Pessoa

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009 - 15:31 - Fotos: 

A rede de hemonúcleos está contribuindo para fortalecer o estoque de bolsas de sangue do Hemocentro, em João Pessoa.  Foi o que afirmou a diretora do órgão, Patrícia Freitas, reforçando a importância da rede composta por dez unidades distribuídas pelo interior do Estado. Ela lembrou que o sangue é fundamental e salva vidas em momentos de urgência. Algumas vezes nos municípios o número de transfusões é menor que o volume de bolsas de sangue coletadas e, com isso, o excedente é transferido para a Capital, reforçando o estoque.
 
A rede de hemonúcleos tem unidades em Princesa Isabel, Picui, Itaporanga, Piancó, Patos, Sousa, Cajazeiras, Guarabira, Monteiro, Catolé do Rocha além do Hemocentro de Campina Grande. A transferência da bolsa de sangue é feita em carro refrigerado e em João Pessoa, o material passa por 24 horas de inspeção visual para conferir a qualidade e possibilitar o seu aproveitamento. Patrícia Freitas disse que será inaugurado um hemonúcleo em Itabaiana.
Demanda maior – A diretora informou também que é imprevisível o comportamento da demanda, mas nesta época do ano em que ocorrem as festas natalinas e as férias escolares há diminuição das doações e aumento da demanda por conta da elevação dos acidentes. Os tipos sanguíneos mais procurados são: A+ e O+, enquanto que o tipo mais difícil de obter é o AB-, pois apenas 0,3% da população possue esta tipagem.

Num balanço atualizado, nesta quinta-feira (17) o Hemocentro de João Pessoa conta com 346 bolsas de sangue em estoque, disponíveis para atender os hospitais. Este quantitativo está no limite da demanda – entre 300 e 500 bolsas – e, para garantir o abastecimento regular, está sendo adotada a convocação por telefone dos doadores fidelizados na Grande João Pessoa, neste mês de dezembro, segundo a coordenadora de Ações Estratégicas, Vânia Cavalcanti.
O Hemocentro tem cadastrados 91.415 doadores na Grande João Pessoa, dos quais 15.379 são mulheres. Na Paraíba, cerca de 7.000 bolsas são usadas por mês.

Características ideais do doador: ter entre 18 e 65 anos, peso acima de 50 kg, não tomar remédio controlado, não ingerir bebida alcoólica até 24 horas antes da doação, não estar acometido de doença sexualmente transmissível nem hepatite B e gozar de boa saúde.

 

Naná Garcez, da Secom-PB