João Pessoa
Feed de Notícias

Blog do Centro de Referência em Direitos Humanos recebe artigos

terça-feira, 15 de junho de 2010 - 09:10 - Fotos: 
O diretor do CH, professor Belarmino Mariano Neto, afirmou que os organizadores do Centro podem receber pequenos artigos na área de Direitos Humanos para que sejam publicados no Blog. “Pode ser material curto e objetivo de até uma lauda, abordando questões relativas, por exemplo, à homofobia, etnias, drogas, violência contra as mulheres, leis brasileiras, direito ambiental, econômico, cultural, entre outros tópicos”, disse.
 
Centro de Referência e sua atuação
 
Implementado no Centro de Humanidades em março deste ano, o Centro de Referência em Direitos Humanos do Agreste da Paraíba funciona graças a uma parceria entre a UEPB e a Secretaria Especial de Direitos Humanos, órgão da Presidência da República. O CRDHA está localizado em uma região onde a média do Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) é de 0,5781, enquanto o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) brasileiro é de 0,813.
     
]Tanto o IDHM quanto o IDH são medidos de 0 a 1. Dessa forma, quanto mais próximo de zero, pior é a situação vivida pelas pessoas, e quanto mais próximo de 1, melhor é a qualidade de vida da população. Nas microrregiões do Agreste Paraibano, Brejo Paraibano e Curimataú Oriental, com população de cerca de 350 mil habitantes, encontra-se uma totalidade de indivíduos que tem sofrido cada dia mais com as profundas e aceleradas transformações políticas, econômicas, tecnológicas, culturais e sociais. Apesar dos avanços, o acesso às políticas públicas atinge somente uma pequena parcela da população.
 
Experiência prática para professores e estudantes

Tendo em vista esses desafios e pensando na responsabilidade social da UEPB, o CH tem se esforçado para melhor atender às demandas de sua região. Com o CRDHA, o Centro de Humanidades tem a oportunidade de fomentar a experiência prática para professores e estudantes em relação aos direitos humanos, prestando também um serviço à sociedade local.
       
O objetivo geral do projeto compreende a instalação de um Núcleo Fixo de atendimento na cidade de Guarabira e o desenvolvimento de ações itinerantes através de quatro núcleos móveis. Os objetivos específicos envolvem o atendimento a cerca de 6 mil pessoas no período de execução do projeto; prestação de assistência jurídica nos casos necessários, priorizando a mediação; orientação de cidadãos sobre seus direitos; e construção de uma Rede de Direitos Humanos no Agreste da Paraíba.            

O cronograma de atividades teve início no mês de março deste ano e se estenderá, nessa primeira fase, até fevereiro de 2011.

                                                Da Assessoria de Imprensa da UEPB