Fale Conosco

6 de março de 2014

Bloco do Clementino Fraga distribui cerca de 100 mil preservativos durante Folia de Rua



Cerca de 100 mil preservativos masculinos foram distribuídos durante a prévia carnavalesca Folia de Rua, em João Pessoa, pelo bloco do Complexo Hospitalar de Doenças Infectocontagiosas Clementino Fraga. O “Clementino Folia Ano III” contou com a participação de cerca de 500 pessoas e chamou a atenção sobre a prevenção das DST/Aids, nas comemorações carnavalescas da Capital. Além dos preservativos, também foram distribuídos material educativo e gel lubrificante. O bloco teve ainda a presença da “Cia da Saúde & do Sorriso”.

De acordo com a diretora do hospital, Adriana Teixeira, o Complexo Hospitalar de Doenças Infectocontagiosas Dr. Clementino Fraga, localizado no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa, é referência no tratamento das doenças sexualmente transmissíveis no Estado e, por isso, organiza intervenções educativas durante festas populares, sobretudo no Carnaval.

Inicialmente denominado “Sanatório Clementino Fraga”, o complexo iniciou suas atividades no ano de 1959, sob administração do Ministério da Saúde, tendo como alvo o Programa Nacional de Tuberculose. Após reformas, o Clementino Fraga passou a ser referência estadual no tratamento de portadores de HIV/Aids, tuberculose, hepatites virais, dengue e hanseníase.

Balanço – Segundo dados do relatório elaborado pela unidade de saúde, o Clementino Fraga atendeu 36.584 pessoas no ano passado. Nesse mesmo período, foram realizados 90 mil exames laboratoriais.

Com 159 leitos, o Clementino Fraga presta atendimento nas áreas de infectologia (DST/HIV/Aids), pneumologia sanitária, dermatologia sanitária, pediatria, cardiologia, endocrinologia, psiquiatria, neurologia, neurocirurgia, cirurgia plástica, cirurgia torácica, cirurgia vascular, gastroenterologia, angiologia, hepatologia, odontologia, nefrologia, urologia, proctologia, otorrinolaringologia, clínica geral, ginecologia e homeopatia.

Para atender a demanda, o hospital conta com uma estrutura física e uma equipe multidisciplinar formada por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, psicólogos, assistentes sociais, fisioterapeutas, nutricionistas, fonoaudiólogos e outros profissionais. “A missão da unidade de saúde é prestar um serviço especializado, com qualidade e humanizado em benefício de todas as pessoas que são acometidas de doenças infectocontagiosas”, destacou a diretora geral, Adriana Melo Teixeira.