João Pessoa
Feed de Notícias

Batalhão de Polícia Ambiental entrega donativos a 150 famílias de Taperoá

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014 - 11:07 - Fotos:  Secom/PB

Policiais do Batalhão de Policiamento Ambiental distribuirão nesta segunda-feira (29) água, roupas e alimentos com moradores da cidade de Taperoá, no Cariri paraibano. A iniciativa partiu dos próprios policiais e tem como objetivo amenizar o sofrimento da população por conta da estiagem. Em menos de um mês de campanha, foram arrecadados mais de 1.800 litros de água, além de roupas e alimentos. Este é o segundo ano em que a ação é realizada.

De acordo com o comandante do Batalhão de Policiamento Ambiental, major Tibério Leite, a cidade de Taperoá foi contemplada pela campanha por ter uma das situações mais difíceis por conta da falta de chuva. “Mesmo com as ações do Governo do Estado, sabemos que a falta de chuva traz transtornos para a população de uma maneira ou de outra. Em Taperoá não é diferente. Por isso, escolhemos a cidade para realizarmos essa doação”, afirmou.

Ainda segundo o comandante, serão cerca de 150 famílias contempladas. “O nosso pelotão local ficou encarregado de estudar quais são as comunidades mais carentes e, portanto, as que estão enfrentando mais problemas por causa da estiagem. Com base nesse estudo, faremos a distribuição de forma a ajudar quem mais precisa”, pontuou. “Esse trabalho que fizemos é mais uma forma de nos aproximarmos cada vez mais da população, de cumprirmos a nossa função social da melhor maneira possível. Acreditamos que a polícia tem o papel de observar a lei. Porém, se isso ocorre de maneira humanizada, os resultados são ainda melhores”, completou.

O sargento Waldir Pereira disse que uma das grandes recompensas foi observar o quanto a campanha cresceu. “Esse é o segundo ano que estamos engajados nessa corrente de solidariedade, que partiu dos próprios companheiros. Agora, o que me deixou entusiasmado foi o número de pessoas que abraçaram a causa. Para se ter uma ideia, o que vamos levar nesta segunda-feira para a cidade de Taperoá é quase o triplo do que foi arrecado no ano passado. Por isso, a nossa grande meta é fazermos essa campanha com mais frequência, pelo menos duas vezes ao ano”, explicou, ressaltando que a seca também é uma questão ambiental. “Defendemos o meio ambiente diariamente e entendemos que a estiagem também é uma questão ambiental. Por isso, é um trabalho que fazemos de coração”.

Para o soldado Everton Francisco da Silva, iniciativas como essa estimulam outros setores da sociedade. “Fizemos a nossa parte e queremos avançar mais ainda. Agora, o nosso grande objetivo é fazer com outros setores da sociedade se sintam estimulados a fazer o mesmo. São pessoas que estão vivendo um momento difícil e quando podemos levar um pouco de alívio a elas compartilhamos um sentimento de felicidade que não tem preço”, disse.