João Pessoa
Feed de Notícias

Projeto de avicultura é exemplo de geração de emprego e renda

quinta-feira, 29 de agosto de 2013 - 19:09 - Fotos:  Claudio Góes/Secom-PB

Os representantes do Banco Mundial Edwar Bresnyan e David Tuchschneider classificaram como exemplo de geração de emprego e renda o projeto de construção de uma agroindústria de frangos, no município de São Sebastião de Lagoa de Roça, no Agreste da Borborema. Acompanhados da gerente regional do Projeto Cooperar, Mônica Alexandre de Melo, eles inspecionaram, nesta quinta-feira (29), as obras da unidade, se reuniram com a direção da Cooperativa Paraibana de Avicultura e Agricultura Familiar (Copaf) e conheceram o plano de negócios da entidade.

“O Banco Mundial está colaborando com o Estado da Paraíba com o empréstimo de 20,9 milhões de dólares. Estamos com convênios para financiar subprojeto aqui no Estado de infraestrutura hídrica, acesso à água, cisternas e outros investimentos, como o de avicultura em São Sebastião de Lagoa de Roça. Esse é um bom exemplo que estamos observando, é um investimento produtivo com maiores fontes de empregos e renda”, disse Edwar Bresnyan, acrescentando que a implantação dos projetos no Estado está acelerado. “Estamos muito felizes e satisfeitos com o Cooperar e o Governo do Estado da Paraíba”, reforçou o representante do Banco Mundial.

Em São Sebastião de Lagoa de Roça, a Copaf recebeu cerca de R$ 500 mil do Governo do Estado, por meio do Projeto Cooperar, e termina em outubro a construção de uma unidade de beneficiamento de frangos. A presidente da Cooperativa, Maria de Nazaré dos Santos Barbosa, informou aos representantes do Banco Mundial  que a unidade vai produzir 600  frangos por hora, com certificação de qualidade. Atualmente, a Copaf tem 80 cooperados de várias cidades da região, entre elas: Lagoa Seca, Boqueirão, Caturité, Esperança, Alagoa Nova e Queimadas. Segundo ela, a  meta para 2014 é aumentar o número de integrantes e de produção em 30%. A Cofap também tem investimentos no mercado de ovos caipiras.