João Pessoa
Feed de Notícias

Balanço: campanha ‘Abrace Paraíba’ arrecada 100 toneladas de alimentos

quinta-feira, 11 de agosto de 2011 - 15:20 - Fotos:  Secom-PB

A campanha “Abrace Paraíba” – do movimento “Ajuda Paraíba”, promovido pelo Governo do Estado para ajudar as vítimas das chuvas – divulgou, nesta quinta-feira (11), um balanço de tudo o que foi arrecadado do dia 21 de julho, quando a campanha foi lançada, até o encerramento das doações, na última sexta-feira (5). De acordo com dados da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Humano (SEDH), responsável pela campanha, foram arrecadadas 100 toneladas de alimentos durante os 15 dias de mobilização.

Também foram coletados 70.126 peças de roupas, 7.518 lençóis e colchas, 3.015 pares de sapatos, 344 kis de higiene pessoal, 750 colchões, 1.935 toalhas e 20 redes. Uma conta também foi disponibilizada pelo Banco do Brasil para doações em dinheiro, que somou R$ 88.331,69. Em relação ao dinheiro da conta, a SEDH vai fazer um levantamento do que é mais urgente para direcionar os recursos de forma equilibrada.

Apesar de a campanha de doação ter sido encerrada, o trabalho de triagem e de distribuição dos donativos continua. A entrega do material arrecadado para os mais de 20 mil desabrigados ou desalojados foi divida entre a SEDH, a Defesa Civil e a Polícia Militar.

Distribuição – Até essa quarta-feira (10), a SEDH entregou donativos em 22 cidades: Alagoa Nova, Alagoa Seca, Bayeux, Caaporã, Gurinhém, Ingá, Itabaiana, Itatuba, Lucena, Mamanguape, Massaranduba, Mogeiro, Mulungu, Pilar, Pirpirituba, Rio Tinto, Salgado de São Félix, Santa Rita, São José dos Ramos, São Miguel de Itaipú, Sobrado, Sapé.

Para a secretária da SEDH, Aparecida Ramos, em momentos de calamidade pública e de tragédias naturais, como as fortes chuvas, a primeira ação humana que se impõe é a do cuidado, da acolhida e da assistência a quem é vitimado, garantido a essas populações segurança e conforto.  “De imediato, Estado e sociedade devem agir, sem concorrência e com confluência, de maneira plural e suprapartidária, cada qual no âmbito de suas atribuições, mas praticando os valores humanos da solidariedade e da fraternidade”, disse.

Solidariedade – O material recolhido nos postos de coleta espalhados por toda a Paraíba, por meio das sete Casas da Cidadania, dos 17 batalhões da Polícia Militar e dos postos da Emater, entre outros, era levado para o galpão da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). No local, um verdadeiro mutirão com os servidores da SEDH foi formado para fazer a triagem. Em seguida, os alimentos foram repassados para a Defesa Civil do Estado, que montava cestas básicas com 24,3 quilos.