João Pessoa
Feed de Notícias

Bailaço integra programação do Agosto das Letras com Flaira Ferro e som de Berra Boi

terça-feira, 15 de agosto de 2017 - 11:03 - Fotos:  Divulgação

A edição deste mês do Bailaço traz novidades para o público apaixonado pela dança. Com encontro marcado para o sábado (19), no Teatro de Arena, o projeto integra a programação do Agosto das Letras – evento anual que acontece de 17 a 20 de agosto no Espaço Cultural José Lins do Rego. A noite começa com apresentação de Flaira Ferro (PE), ao som de Berra Boi (PB), às 20h. Em seguida, às 21h, o grupo dá início ao baile, que também conta com discotecagem de Cassicobra (PB). A entrada é gratuita.

Bailaço é um projeto da Fundação Espaço Cultural da Paraíba realizado com o apoio do Fórum Permanente de Dança de João Pessoa e do Ambassador. O objetivo do evento é dar espaço e visibilidade à arte da dança. O Bailaço é um espaço de encontro e integração das diferentes linguagens da dança onde a intenção é criar um momento de diversão, no qual cada pessoa possa interagir com bailarinos da sua e de outras linguagens. A ideia é que seja uma grande festa de celebração à dança. O evento vem sendo realizado mensalmente e já se tornou uma opção de lazer e cultura para os admiradores da arte da dança.

Flaira Ferro – Formada em Comunicação Social pela UNICAP (Recife), é dançarina, cantora e compositora pernambucana. Aluna do lendário mestre Nascimento do Passo, Flaira tem trajetória ligada à difusão do frevo desde a infância e há mais de 20 anos trabalha na criação de espetáculos que relacionam a cultura popular à arte contemporânea. Com sólida formação em dança contemporânea, balé clássico e sapateado, estudou técnica e improvisação na Escola Municipal de Frevo do Recife. Como passista participou de festivais, feiras de turismo e circuitos culturais no exterior, viajando para diversos países como Alemanha, França, Suíça, Inglaterra, Portugal, Itália, Argentina, Peru, China, Índia e Estados Unidos.

Em 2011 estreou em Recife seu primeiro solo de dança “O frevo é teu?”, dirigido por Bella Maia. O trabalho lhe rendeu prêmio de melhor bailarina no 17º festival Janeiro de Grandes Espetáculos. Ao lado da dançarina e pesquisadora Valéria Vicente, Flaira realizou a pesquisa artística “O Espaço do Passo” (2013), que desencadeou na concepção do espetáculo “Frevo de Casa” (2014), trabalho de improvisação entre música e dança que também lhe rendeu prêmios de melhor dançarina pela crítica especializada.

Entre 2012 e 2016 integrou a Antônio Nóbrega Cia de Dança (SP), atuando como intérprete criadora dos espetáculos “Húmus” e “Pai”, e foi professora de danças populares do Instituto Brincante em São Paulo por cinco anos consecutivos. Desenvolveu projetos de dança e música ao lado de grandes nomes da música brasileira como Wagner Tiso, Benjamin Taubkin, Spok, e Alexandre Ribeiro.

Em 2015, lançou seu primeiro disco “Cordões Umbilicais”, projeto de música autoral independente que marcou estréia da artista como cantora e compositora. Elogiado pela imprensa nacional em jornais como Correio Braziliense e Jornal do Commercio, o disco ganhou notoriedade através da canção “Me curar de mim” e entrou na lista dos 100 melhores discos do ano no site Melhores da Música Brasileira. Em 2016 “Cordões Umbilicais” foi contemplado pelo edital da Caixa Cultural SP para temporada de cinco apresentações na capital paulista e circulou em importantes festivais do país como Recbeat (PE), Prata da Casa (SP), Festival Ilumina (GO) e Festival de Inverno de Garanhuns (PE). Além de apresentações nas redes do SESC, em 2017 Flaira foi convidada pelo Festival La Soufflerie (França) para realizar show do seu disco e assinar a direção e concepção artística do espetáculo de dança e música “4×4″, em Rezè, ao lado do coreógrafo mineiro Pedro Rosa. Atualmente Flaira desenvolve pesquisas que relacionam dança, canto e improvisação.

Berra Boi - É um trio instrumental resultante da junção entre Lucas Dan (Sanfona, Sintetizador),Chico Correa (drum machine, sampler e guitarra) e João Cassiano Silva (percussões). Busca sonoridades urbanas e nativas da América Latina e da África, passeando por beats de Funana, Ragga, Dub, Cúmbia e Baião. O resultado é uma música dançante, que bebe de diversos estilos festivos dos guetos do planeta.

Com o primeiro EP lançado pelo selo mexicano Cassette Blog em 2016, o trio vem atuando em palcos de música instrumental, festas e projetos de artes experimentais. Em 2017 realizou duas mini tours acompanhando a cantora Alessandra Leão, circulando pelos estados do Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Bahia. No momento, o trio desenvolve novos projetos musicais para o segundo semestre de 2018, entre eles o encontro com a dançarina Flaira Ferro, cuja residência de criação artística culminará num espetáculo multimídia. O grupo é formado por Esmeraldo Marques Pergentino Filho – ChicoCorrea (DJ/Guitarrista), Lucas Daniel de Melo Silva – Lucas Dan (Sanfona/ Sintetizador), João Cassiano da Silva Bisneto – Cassicobra (Percussão).

Lucas Dan é pesquisador do forró, atua nos grupos Os Fulano e Orquestra Balaio Nordeste, toca sanfona de 120 e de 8 baixos, estuda rabeca e pífano. João Cassiano Silva é percussionista ativo nos principais grupos de música independente de João Pessoa, marca presença como percussionista dos grupos Seu Pereira e Coletivo 401, Vieira, ChicoCorrea&ElectronicBand além de atuar como Dj de música do terceiro mundo. Com carreira na Europa, Chico Correa já circulou vários recantos do mundo trabalhando ora com seus projetos pessoais ora com os grupos Cabruêra, BaianaSystem, Totonho e os Cabra. No Berra Boi, leva sua coleção de drum machines para mixar os beats e também toca guitarra.

Serviço:

Agosto das Letras

Bailaço Edição Especial com apresentação de Flaira Ferro (PE) ao som de Berra Boi (PB)

Data: 19 de agosto

Apresentações: 20h | Baile a partir das 21h com Discotecagem de Berra Boi e Cassicobra.

Local: Teatro de Arena

Entrada Gratuita

Realização: Funesc