Fale Conosco

21 de dezembro de 2017

Aula de ginástica, música e teatro marcam confraternização do Condomínio Cidade Madura



sedh cidade madura confraternizacao com auto de natal foto Luciana Bessa 16 270x191 - Aula de ginástica, música e teatro marcam confraternização do Condomínio Cidade MaduraAula de ginástica, apresentação das Bandas de Música compostas por idosos do Centro Social Urbano (CSU) do bairro de Mandacaru e do Condomínio Cidade Madura da cidade de Guarabira e encenação do Auto de Natal foram algumas das atividades que marcaram a festa de confraternização dos moradores do Condomínio Cidade Madura de João Pessoa, realizada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Humano (Sedh).

sedh cidade madura confraternizacao com auto de natal foto Luciana Bessa 20 270x191 - Aula de ginástica, música e teatro marcam confraternização do Condomínio Cidade MaduraA programação, que contou com a participação da secretária de Estado do Desenvolvimento Humano, Cida Ramos, foi iniciada com um café da manhã servido aos 40 residentes do Condomínio, que depois fizeram aula de ginástica e assistiram as apresentações.

Segundo a coordenadora do Programa Cidade Madura, Nirleide Dantas, a Sedh vem realizando por toda esta semana as confraternizações em todos os Condomínios Cidade Madura do Estado. “Na última terça-feira, os idosos de Cajazeiras participaram de um jantar dançante, com apresentação de músicos da Orquestra do Programa de Inclusão Através da Música e das Artes (Prima). Guarabira também realizou, na noite desta quarta-feira, um jantar, com apresentações culturais”, adiantou.

Auto de Natal – O momento mais emocionante da manhã foi a apresentação do Auto de Natal, encenado pelos idosos do Centro Social Urbano (CSU) do bairro de Mandacaru. No elenco, interpretando o papel de José, Severino Dumont Filho, ou “Silva Dumont”, nome artístico já adotado pelo idoso de 72 anos, que há seis meses reside no Condomínio Cidade Madura.

Tudo muito natural se Silva Dumont, esse “experiente” ator não estivesse saindo do seu segundo Acidente Vascular Cerebral (AVC), ocorrido há dois meses. Mas nada o impediu de retornar aos ensaios do espetáculo, duas semanas após a enfermidade. “Muita superação”, afirma a Luísa Barsi, arte-educadora, assistente social e teatróloga, que escreveu e dirigiu o espetáculo.

sedh cidade madura confraternizacao com auto de natal foto Luciana Bessa 13 270x191 - Aula de ginástica, música e teatro marcam confraternização do Condomínio Cidade MaduraE Silva Dumont – afeito a superação de obstáculos – teve que encarar mais um: sua estreia teve na plateia ninguém menos que o ator paraibano, José Dumont. “Ainda não conversei com ele, mas acho que gostou. Ficou rindo, disse que gostou”, afirmou o “novo” ator quando indagado sobre a opinião do irmão famoso.

Sobre a recuperação rápida,  ele conta que quem o levantou foi Maria, a mãe de Jesus. “Hoje são vocês que nos aplaudem, somos lindos e maravilhosos. E isso é só o começo”, disse confiante.