João Pessoa
Feed de Notícias

Audiência Pública discute inclusão do Vale do Piancó na Transposição do Rio São Francisco

sexta-feira, 27 de novembro de 2009 - 10:32 - Fotos: 

Este é o objetivo da visita do Governo do Estado, ao município de Conceição. A audiência pública, marcada para as 9h desta sexta-feira (27), foi sugerida pelas Câmaras de Vereadores de várias cidades do Vale.

O governador José Maranhão, estará representado pelo secretário de Estado do Meio Ambiente, dos Recursos Hídricos e da Ciência e Tecnologia, Francisco Sarmento. Participam ainda um representante do Ministério da Integração Nacional, José Luis de Miranda, deputados federais, estaduais, prefeitos e outras lideranças do Vale do Piancó.

“Trata-se de uma reivindicação antiga, surgida na elaboração da versão atualmente em implantação do projeto de Transposição, iniciada em 1996”, disse Sarmento. O Eixo Norte da transposição permite a entrada das águas do São Francisco na Paraíba através das cabeceiras do Rio Piranhas, sendo represadas inicialmente na barragem Engenheiro Ávidos, cujas águas servem ao abastecimento de projetos de irrigação como São Gonçalo, bem com ao abastecimento humano de cidades de porte como Cajazeiras, entre outras.

“A segunda entrada do Eixo Norte, dar-se na barragem Lagoa do Arroz, onde o governo Maranhão implantou o projeto de Irrigação de 1.000 hectares, deixado em plena produção em 2002, e encontrado praticamente em ruínas em fevereiro de 2009, quando Maranhão reassumiu o governo”.
 
O leito da terceira entrada do Eixo Norte, debatido hoje em Conceição, consiste no lançamento de parte das águas nas cabeceiras do Rio Piancó, indo armazenar-se no Sistema Coremas-Mãe D'água, e, nesse trajeto, atendendo ao abastecimento humano e outros usos econômicos de vários municípios ribeirinhos. “Trata-se de uma reivindicação justa, que o Governo da Paraíba apóia integralmente. O próprio governador José Maranhão, ainda na condição de Senador, pleiteou a nova entrada junto ao Ministério da Integração”, explicou Sarmento, que na ocasião, na condição de integrante da equipe de coordenação do projeto, encabeçou esforços no sentido de elaborar os estudos necessários, hoje tendo continuidade no âmbito do Ministério da Integração Nacional.

Da Assessoria de Imprensa da SEMARH