Fale Conosco

15 de agosto de 2017

Ator Beto Quirino participa de oficina poética em unidade da Fundac



Sensibilizar os socioeducandos para a leitura do texto poético, bem como interagir com o poeta. Essa foi a proposta elaborada pelo Programa de Acompanhamento de Egresso da Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente ‘Alice Almeida’ (Fundac) para socioeducandos da Semiliberdade que trouxe o ator e poeta Beto Quirino. A oficina de leitura do texto poético foi realizada na tarde desta terça-feira (14), na unidade socioeducativa, em Jaguaribe.

A atividade é parte de ação integrada dos eixos Família e Egressos dentro do Programa de Acompanhamento de Egresso da Fundac. A programação contou com oito momentos importantes para os socioeducandos da Semiliberdade iniciados por uma acolhida realizada por Help Lima e José Ítalo.

A ideia, segundo os organizadores, é construir um conceito de poesia a partir da visão dos socioeducandos. A assistente social Vanalba Barbosa apresentou o conceito de poesia segundo a literatura e Solange Gualberto, do Eixo Egressos, fez a apresentação do poeta Beto Quirino que, na ocasião, declamou poesia de sua autoria.

Beto Quirino agradeceu a Fundac na pessoa de Solange Gualberto, que articulou o convite e disse que acha importante esse projeto no sentido de divulgar e propagar, ainda mais, a poesia quando se coloca por esse lado da poesia o sentir melhor a vida. “A vivência de hoje, pra mim, foi gratificante porque eu vi que houve a participação de todos, cada um a seu modo, claro, e isso é muito bom porque eu vi que há necessidade, realmente, da participação de todos”, declarou o ator poeta.

A Oficina de Leitura do texto poético também contou com a interação dos participantes com o poeta, seguido de leitura de poesia e montagem de um varal poético, avaliação e pactuação do Acordo de Convivência com os socioeducandos e um lanche de confraternização. Esta ação contou com o Eixo Abordagem Familiar e Comunitário, Eixo Suporte Institucional e Pedagógico e a Semiliberdade.