João Pessoa
Feed de Notícias

Atividades sociais e culturais marcam um ano de funcionamento do Restaurante Popular

sexta-feira, 18 de outubro de 2013 - 17:22 - Fotos:  Secom-PB

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Humano (Sedh), comemorou, na Semana da Alimentação, na manhã desta sexta-feira (18), o aniversário de um ano do Restaurante Popular de João Pessoa, localizado em Mangabeira.

Por dia, no local, são servidas mil refeições ao preço de R$ 1,00, com acompanhamento de uma nutricionista, atendendo a população que vive em situação de vulnerabilidade social, a exemplo de moradores de rua, pessoas desempregadas e famílias com renda muito baixa.

A secretária de Estado de Desenvolvimento Humao (Sedh), Aparecida Ramos de Meneses, frisou que o Governo do Estado tem o compromisso de garantir um dos principais direitos do ser humano, que é o direito a alimentação. “Duplicamos a quantidade de restaurantes populares existentes na Paraíba. Atendíamos a 1.500 pessoas e agora conseguimos ampliar para 3.500 pessoas, que são atendidas diariamente nos quatro restaurantes: João Pessoa, Santa Rita, Campina Grande e Patos”, ressaltou.

No próximo ano, o investimento com o subsídio da alimentação nos quatro restaurantes chegará a mais de R$ 5 milhões, com recursos do Tesouro Estadual.

A secretária Aparecida Ramos destacou ainda outras ações do Governo do Estado para garantir a segurança alimentar e nutricional na área da assistência como a ampliação do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que atendia a 14 municípios e vai beneficiar 127 cidades paraibanas, cujos agricultores estão sendo cadastrados.

Outra iniciativa foi a implantação da Câmara Intersecretarial de Segurança Alimentar (Caisan), que tem parceria com o Conselho Estadual de Segurança Alimentar (Consea) e conta com 21 órgãos do Governo, sendo responsável pela elaboração do Plano Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional e pelo Sistema de Segurança Alimentar com os municípios.

Comemoração – Antes de servir o almoço, foram oferecidas à população atividades em tendas armadas em frente ao Restaurante. O Programa Cidadão da Sedh emitiu documentos de identidade e CPF. Já a equipe da Secretaria de Estado da Saúde, do Hospital Clementino Fraga, realizou teste de glicemia e aferiu a pressão dos usuários. Também houve apresentação cultural com o Trio Pé de Serra e dança com o grupo da Terceira Idade “Dinâmico Cultural”.

Quem faz as refeições no Restaurante, além de aprovar a comida, consegue economizar. “Todos os dias almoço aqui com meu marido, não precisamos mais comprar feira para almoço e o gás de cozinha rende muito. Isso ajuda muito a gente porque é uma economia”, disse a dona de casa Irlei da Silva Albuquerque, que almoça no Restaurante há um ano.