João Pessoa
Feed de Notícias

Atividades lúdicas marcam Dia de Conscientização do Autismo na Funad

quarta-feira, 2 de abril de 2014 - 09:00 - Fotos:  Walter Rafael/ Secom-PB

Atividades recreativas e distribuição de lanches para usuários, além de capacitação voltada a profissionais vão marcar a programação do Dia Internacional de Conscientização do Autismo, nesta quarta-feira (2), na Fundação Centro Integrado de Apoio ao Portador de Deficiência (Funad).

Durante toda a manhã, as pessoas atendidas pelo Serviço Especializado em Reabilitação Intelectual (Seri) participaram de atividades recreativas. Um parque foi montado especialmente para a ocasião onde ocorreram as brincadeiras, distribuição de lanches e realização de oficinas.

Além das atividades lúdicas voltadas aos usuários, a Funad dedicou atenção especial ao Serviço Especializado em Reabilitação Intelectual. Ou seja, os profissionais que lidam diariamente com as pessoas com autismo passaram por capacitação.

A Funad oferece vários serviços de reabilitação voltados à pessoa com autismo. Entre eles está o setting terapêutico, que é a avaliação e confirmação do diagnóstico, atividades lúdicas, habilidades cognitivas, musicoterapia, atividade aquática, fonoaudiologia, psicologia e capoeira. Em 2011, apenas nove pessoas eram atendidas. O número saltou para 53 em 2013 e hoje já chega a 87 usuários. A demanda tem aumentado e 82 pessoas estão sendo avaliadas, atualmente, pelo serviço.

Para ter acesso ao serviço da Funad, é necessário procurar a Coordenadoria de Triagem e Diagnóstico (Cordi), de segunda-feira à sexta-feira, nos dois turnos de expediente. Na ocasião, é preciso apresentar o cartão do SUS, comprovante de residência, certidão de nascimento ou CPF e identidade, além de uma foto 3×4. O paciente passa por uma pré-triagem com uma equipe multiprofissional. Em seguida é emitido um laudo diagnóstico e, posteriormente, o usuário é encaminhado aos serviços da instituição.

Autismo – O autismo caracteriza-se por um comprometimento grave e global em áreas nobres do desenvolvimento, como na comunicação, interação social, aprendizado e capacidade de adaptação. A pessoa com autismo tende a apresentar repertório restrito de interesse e atividades, além de ações rotineiras e rituais não funcionais. Sua manifestação poderá se dar antes dos três anos de idade. A incidência é quatro vezes maior em meninos do que em meninas.