João Pessoa
Feed de Notícias

Atividades da Campanha de Multivacinação começam nesta segunda-feira em todo o Estado

segunda-feira, 19 de setembro de 2016 - 16:41 - Fotos:  Ricardo Puppe/Secom Pb

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), deu início nesta segunda-feira (19), em todas as Macrorregiões de Saúde, à Campanha de Multivacinação, que segue até o dia 30 deste mês. O ‘Dia D’ será no próximo sábado (24), no município de Bayeux.

A Campanha de Multivacinação tem o objetivo de atualizar a caderneta de vacinação e melhorar a cobertura vacinal de crianças menores de 5 anos e na faixa etária de 9 a menor de 14 anos – a inclusão dos adolescentes é uma novidade desta edição.

“Por se tratar de uma avaliação e atualização das cadernetas, esta campanha não tem metas a cumprir. Nossa missão é colocar as cadernetas do público-alvo em dia. O Estado rotineiramente já envia vacinas e insumos necessários para todas as Gerências Regionais de Saúde que, posteriormente, passam aos 223 municípios”, explicou a chefe do Núcleo de Imunização da SES, Isiane Queiroga.

Ainda segundo Isiane, não há como mensurar a quantidade de doses porque já são as vacinas disponíveis na unidade de saúde. As crianças que estão com as cadernetas atrasadas vão tomar as vacinas que já estão disponíveis nos postos de vacinação. As vacinas disponibilizadas durante a Campanha Nacional de Multivacinação serão: BCG, Hepatite B, VIP (Vacina Inativada Poliomielite), VOP (Vacina Oral Poliomielite atenuada), Rotavírus, Pentavalente, Pneumo 10, Meningo C, Tríplice Viral, Tetraviral/Varicela, DTP (Tríplice Bacteriana), Dupla Adulto, HPV, Hepatite A e DTP Acelular. Destas, três são específicas para adolescentes: HPV, Tríplice Viral e Dupla Adulto, que é a antitetânica.

“Nosso alerta é que os pais levem as crianças e adolescentes com suas respectivas cadernetas aos postos de vacinação para que sejam avaliadas, independente de estar em dia ou não. Isso é importante porque, além da avaliação, existe o Boletim de Comparecimento que registra, caso a caderneta esteja em dia, o comparecimento da criança ou do adolescente no posto de vacinação. Caso a criança ou adolescente tenha deixado de tomar alguma vacina oferecida pelo Calendário Nacional de Vacinação, as doses serão atualizadas”, ressaltou Isiane.

Ela reforçou, ainda, que é preciso redobrar a atenção para o chamamento dos adolescentes, para que possam receber as vacinas. “É imprescindível que os profissionais de saúde dos municípios desenvolvam estratégias para atrair os adolescentes aos postos de vacinação. É importante salientar, também, que a cobertura vacinal do HPV está baixa, então vamos aproveitar o momento para mudar esta realidade e colocar em dia a imunização das adolescentes que ainda não tomaram a vacina”, alertou.

A dona de casa Juliane Martins aproveitou o primeiro dia da Campanha de Multivacinação e levou a filha de um ano e quatro meses ao Centro Municipal de Imunização, no antigo Lactário da Torre. “A caderneta de vacinação de Sofia estava com cinco vacinas atrasadas (VOP, Tríplice Viral, Polio, Varicela e Pneumonia) porque confundi algumas informações. Já que hoje é o primeiro dia da campanha, trouxe logo minha filha para se imunizar e deixar o cartão em dia”, disse ela.