João Pessoa
Feed de Notícias

Atendimento ao público será encerrado ao meio dia na sede do órgão

terça-feira, 15 de junho de 2010 - 11:32 - Fotos: 
A excelência no atendimento através de medidas que valorizem os funcionários e os capacitem para uma melhor prestação de serviços.
 
Esta é a meta do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), que buscou parceria com o SEBRAE para a implantação de um Sistema de Gestão de Qualidade.
               
O programa será lançado nesta quarta-feira (16), ao meio dia, na sede do órgão, no bairro de Mangabeira. Em virtude do lançamento, o atendimento ao público será encerrado ao meio dia, tanto na sede do órgão quanto nos postos de atendimento do Shopping do Automóvel e nas Casas da Cidadania de Jaguaribe, Shopping Tambiá e Manaíra Shopping.
              
O curso terá duração de um ano, com 209 horas de treinamento e 178 horas de consultoria, devendo contar com a participação de todos os diretores e mais 30 funcionários que serão multiplicadores das informações nos setores onde estão lotados.
             
Segundo o coronel Francisco de Assis Silva, superintendente do Detran, a iniciativa de implantar o programa de qualidade partiu da necessidade de aprimorar o atendimento no órgão, que tem como principal objetivo a prestação de serviços.
           

‘Espelho de prata’

                 
Ele lembrou que a operação denominada ‘Espelho de prata’, deflagrada no domingo pelo Grupo de Ação Especial contra o Crime Organizado (GAECO), teve como ponto de partida sindicâncias, realizadas pelo próprio Detran, e que acabaram gerando inquéritos administrativos e até demissão de servidores.
               
O coronel fez questão de destacar que confia na idoneidade dos servidores do órgão e que estes não podem pagar pelos erros dos poucos que se envolvem em irregularidades.
                
O superintendente lembrou dois casos recentes em que, graças à experiência de servidores da clínica de psicologia, foi possível evitar que terceiros fizessem provas no lugar de candidatos à carteira nacional de habilitação.
                
Quanto às carteiras de habilitação que teriam sido emitidas através deste esquema de fraude envolvendo servidores do Detran , donos e funcionários dos Centros de Formação de Condutores, o coronel Francisco disse que o procedimento adotado será o cancelamento de todos os documentos que tenham sido emitidos em nome de candidatos beneficiados pelas irregularidades.

Da Assessoria de Imprensa do Detran