João Pessoa
Feed de Notícias

Assinatura de convênio garante construção de 1.948 casas em CG

sexta-feira, 6 de julho de 2012 - 20:09 - Fotos: 

Foto: José Marques/Secom-PB

O governador Ricardo Coutinho e o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, assinaram, nesta sexta-feira (6), convênio com o Banco do Brasil e a ordem de serviço para construção de 1.948 casas populares em  Campina Grande. O início das obras do conjunto, segundo maior investimento do Minha Casa, Minha Vida do país financiado pelo Banco do Brasil, está previsto para esta segunda-feira (9). A assinatura ocorreu em solenidade realizada no Museu Assis Chateaubriand, no bairro do Catolé, em Campina Grande.

Na realização da obra serão investidos R$ 94,6 milhões, além de mais R$ 6 milhões de contrapartida do Estado nas obras de infraestrutura, como esgotamento sanitário, abastecimento de água, pavimentação, eletrificação, adutora, reservatório elevado, duas escolas e dois centros de saúde. Ao todo, serão 7.792 pessoas beneficiadas com renda familiar de até R$ 1,6 mil.

As unidades habitacionais farão parte dos loteamentos Raimundo Suassuna e Acácio Figueiredo, nos bairros Cidades e Três Irmãs. As casas terão área de 36,87 m² (casa normal) e 41.02 m² (casas para portadores de necessidades especiais), com sala, cozinha, dois quartos e banheiro adaptado.

Parceria – O ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, ressaltou a importância da parceria do Governo federal com o Governo da Paraíba para reduzir o déficit habitacional e garantir o acesso à casa própria e melhorar a qualidade de vida da população.

“Reafirmamos as parcerias do Governo federal com o Governo do Estado com a cidade de Campina Grande, fazendo obras importantes como esta ação de contratação do Minha Casa Minha Vida, avançando inclusive nas nossas metas para o Estado da Paraíba”, afirmou o ministro, destacando as ações do governador Ricardo Coutinho na área de habitação.

Segundo ele, o programa Minha Casa Minha Vida, do Ministério das Cidades, já investiu R$ 1,9 bilhão na Paraíba para contratação de 30.861 unidades habitacionais nas fases I e II. Deste total, já foram entregues 19.426 casas. No município de Campina Grande, foram contratadas 6.248 unidades nas duas fases do programa e entregues 2.764, com investimento de R$ 444.6 milhões.

Qualidade de vida – O governador Ricardo Coutinho falou da importância da parceria institucional do Governo do Estado, Ministério das Cidades e Banco do Brasil para a realização de obras que venham beneficiar a população. “A Paraíba sabe que desde o dia 1 de janeiro nós não nos damos o direito de confundir nossos deveres como ocupantes de cargo público com qualquer outra disputa que esteja em jogo”, disse.

Ricardo afirmou que o convênio representa a construção de moradias de qualidade para quase 2 mil famílias que terão sua casa própria com toda a infraestrutura necessária para viver bem.  “A estratégia da habitação com habitalidade representa dar acesso a equipamentos sociais como praças, escolas e creches para melhorar a qualidade de vida da população. Fico feliz em estar assinando um contrato para uma obra que trará uma casa de qualidade e com infraestrutura para a população de Campina Grande”, enfatizou.

O governador disse que com esse novo contrato o Estado atinge a marca de 21 mil casas em construção, concluídas, contratadas e a serem contratadas este ano. “Esse é um número expressivo, mas trabalhamos na perspectiva de aumentar a entrega de casas para reduzir o déficit da Paraíba, que chega a 140 mil unidades. Queremos repetir o que fizemos em João Pessoa que  no nosso governo foi a Capital que mais reduziu o seu déficit habitacional”, ressaltou.

Foto: José Marques/Secom-PB

Obras em andamento – Ricardo Coutinho destacou as obras dos conjuntos Três Irmãs e Novo Cruzeiro e a licitação já concluída para o início das casas do Colinas do Sol. “São mais de 1300 moradias em Campina Grande e um sentimento muito forte da Cehap em olhar para frente e tocar obras que estavam paradas no governo passado. Priorizamos a retomada das casas que estavam paralisadas e estamos recuperando o tempo perdido”, comentou.

O superintendente regional do Banco do Brasil, Carlos Alberto, manifestou a satisfação em assinar um projeto que vai contribuir com a redução do déficit habitacional. “Esse é um projeto que nasce de um esforço institucional entre o governo Federal, Estadual e a iniciativa privada para superar o déficit habitacional”, ressaltou.

A presidente da Cehap, Emília Correia Lima, destacou que com a assinatura do contrato e da ordem de serviço as obras serão iniciadas na próxima segunda-feira (9) para que transcorram de forma ininterruptas até a sua conclusão em 2014.  Ela explicou que a seleção dos beneficiários com faixa de renda de até 3 salários mínimos será feita quando a obra estiver 60% concluída.

A solenidade contou com as presenças do vice-governador Rômulo Gouveia, que destacou os avanços na redução do déficit habitacional da Paraíba, do secretário de governo, deputado Adriano Galdino e de representantes dos movimentos de luta pela moradia.