Fale Conosco

15 de novembro de 2011

Assembleias elegem conselheiros de cultura em seis cidades paraibanas



Pela primeira vez desde 1965, o Conselho Estadual de Cultura será composto por representantes eleitos diretamente pela população. Nos dias 16, 17 e 18 deste mês, seis cidades paraibanas recebem as assembleias eleitorais que vão eleger os doze conselheiros da sociedade civil, entre artistas, gestores, produtores e ativistas culturais, sendo seis titulares e seus respectivos suplentes.

O processo eleitoral começa nesta quarta-feira (16), na cidade de Sousa, onde se encontrarão os candidatos e eleitores da região do Sertão. A assembleia eleitoral acontecerá no Centro de Formação de Professores, sob a coordenação do Fórum de Cultura do Alto Sertão. Neste mesmo dia, o município de Cuité recebe a assembleia que elegerá os representantes das regiões do Curimataú e Seridó. A eleição acontece no Teatro Municipal Dona Chicota.

Na quinta-feira (17), as assembleias eleitorais chegam às regiões do Brejo e do Cariri, nas cidades de Guarabira e Boqueirão, respectivamente. Em Guarabira, a assembleia será realizada na Casa de Cultura de Guarabira, sob a coordenação da Fundação Centro Unificado de Capacitação e Arte. Já em Boqueirão, a assembleia eleitoral será realizada no Centro de Formação Artística de Boqueirão, dentro da programação do 5º Balaio Cultural.

O processo de escolha dos Conselheiros de Cultura será finalizado na sexta-feira (18), em Campina Grande, cidade-sede das regiões do Agreste e Borborema. As eleições ocorrem no mini Teatro Paulo Pontes, sob a coordenação do Fórum de Cultura do Agreste e Borborema. Em João Pessoa, sede da região da Zona da Mata, a assembleia acontece no Casarão Philipéia, Centro Histórico da Capital, coordenada pelo Fórum Forró de Raiz.

Para votar, o eleitor deve comparecer ao local de votação munido de documento de identidade e material que comprove sua atuação no setor artístico-cultural. A participação de representantes da sociedade civil, eleitos pela população, foi uma das alterações propostas pelo Decreto nº 32.408, assinado pelo governador Ricardo Coutinho durante o 12º Festival de Artes de Areia. O decreto amplia de dezoito para vinte e quatro a quantidade de assentos, além de estabelecer novas funções ao Conselho, de acordo com as diretrizes propostas pelo Sistema Nacional de Cultura.

Durante duas semanas, a Secretaria de Estado da Cultura (Secult) recebeu inscrições de pessoas físicas e de pessoas jurídicas, na condição de Comissão Eleitoral, responsável por coordenar as eleições em cada região. Ao todo foram inscritos 20 candidatos e dez organizações da sociedade civil. Após a análise dos documentos e comprovantes de atuação na área artístico-cultural, 17 candidatos foram habilitados para concorrer ao Conselho Estadual de Cultura. Confira a relação dos habilitados:

Agreste e Borborema
1.      Francicleide Diniz de Oliveira
2.      Hipólito de Sousa Lucena
3.      Hugo Rafael Belarmino da Silva
4.      Thomas Magno Alves Nepomuceno

Zona da Mata
1.      Gilvan Bezerra de Brito
2.      Heráclito Dornelles Araújo Coutinho de Melo
3.      Jemima Marques de Oliveira
4.      Odair José da Silva
5.      Raquel Cardoso Stanick
6.      Renata Maria Gonçalves Mora
7.      Joana Alves da Silva

Sertão
1.      José Ronildo de Sousa
2.      Nivaldo Amador de Sousa

Brejo
1.      Robério José Pereira Chaves
2.      Severino Antonio de Sousa

Curimataú e Seridó
1.      Dimas Ribeiro da Silva
2.      Francisco de Assis Soares de Oliveira

Cariri
1.      Mirtes Valeska de Oliveira Supino Carneiro