Fale Conosco

18 de abril de 2013

Artesãos rurais da Paraíba e Pernambuco trocam experiência para fortalecer atividade



A atividade de artesanato rural na Paraíba deve avançar na qualidade e diversificação da produção, como forma de garantir a geração de renda para as famílias. Na semana passada, acompanhado por assistentes sociais da Emater, um grupo de 11 artesãos paraibanos começou uma troca de experiência com agricultores familiares de Pernambuco que trabalham com artesanato, visando o fortalecimento desta ação.

Participam da iniciativa os artesãos dos municípios de Queimadas e Campina Grande e das comunidades rurais de Jenipapo, Capim Grande, São José da Mata e Serra do Joaquim, cujos produtos artesanais em madeira, linha, crochê e outros vêm sendo comercializados com boa aceitação no mercado.

Segundo os artesãos, essa iniciativa veio fortalecer a atividade artesanal, pois gerou uma nova visão em termos de qualidade do produto como também dos meios de comercialização. A equipe técnica que acompanha esse trabalho é composta por Alvair Macedo e Vitória Vitor, de Campina Grande, e Glaucia Gusmão, do escritório regional da Emater.