João Pessoa
Feed de Notícias

Artesãos participam de capacitação com designer Sérgio Matos, em Campina Grande

sexta-feira, 19 de agosto de 2016 - 18:16 - Fotos: 

Aliar criatividade, aprimorar peças, cores e lançar novas formas utilizando o algodão colorido são algumas das propostas da oficina ministrada pelo designer de produto Sérgio Matos para as artesãs do Programa de Artesanato da Paraíba (PAP). A capacitação é realizada em parceria com o Sebrae, na cidade de Campina Grande.

As aulas tiveram início nesta quinta-feira (18) e segue até segunda-feira (29) com a participação de artesãos, não apenas da Rainha da Borborema, mas também de João Pessoa, que almejam melhorar as técnicas aplicadas na confecção de peças.

O designer mato-grossense radicado na Paraíba, Sérgio Matos, já realizou outra capacitação para artesãs, em 2013, quando ministrou um curso para as marisqueiras da praia de Acaú e Pitimbu. Na primeira consultoria, as artesãs transformaram cascas de mariscos em verdadeiras obras de arte como luminárias, vasos e artigos decorativos resultando na Coleção “Corais de Acaú”. Na cidade portuária, as artesãs utilizaram escamas de peixe como matéria-prima para confecção de artigos de belezas e bijuterias.

“O intuito da consultoria é trazer melhoria para o artesanato, seja na qualidade ou no conceito das peças. Percebemos que muitas peças feitas são de uso comum em outros Estados do Brasil. A ideia é trazer uma linguagem própria da Paraíba para transformar o produto em contemporâneo e que tenha mercado suficiente para obterem um lucro maior. Queremos sair dos utilitários para produtos de decoração onde o mercado paga mais”, enfatizou o designer.

Sergio Mattos é conhecido internacionalmente por sua criatividade e incentivo à inovação, capacitou centenas de artesãos pelo Brasil por meio de cursos, promoveu a decoração de edições passadas do Salão de Artesanato da Paraíba homenageando o próprio algodão colorido. Suas peças ganharam destaque no Tetro A Pedra do Reino, no Centro de Convenções, durante a gravação do DVD da Orquestra Sinfônica da Paraíba com o cantor Zé Ramalho.

As capacitações visam melhorar a qualidade dos produtos para que os artesãos desenvolvam suas coleções e assim possam sobreviver de sua arte. Para a gestora do PAP, Lu Maia, os artesãos precisam aliar a técnica à criatividade de desenvolver novas peças. “Peças bem acabadas serão certamente melhor comercializadas. Queremos ver nossos artesãos crescerem no seu negócio prevalecendo, acima de tudo, a nossa cultura”, finalizou Lu.