Fale Conosco

29 de janeiro de 2018

Artesãos faturam mais de R$ 500 mil em 10 dias de Salão



salao11dia 29 270x179 - Artesãos faturam mais de R$ 500 mil em 10 dias de SalãoA Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Social, por meio do Programa do Artesanato da Paraíba (PAP), divulgou nesta segunda-feira (29) o volume de negócios da 27ª edição do Salão do Artesanato da Paraíba. Em 10 dias de lançamento do salão, foram comercializados em torno 5 mil peças que somam R$ 544.857,35. O Salão acontece no Espaço Cultural, em João Pessoa, até o dia 6 de fevereiro. A entrada é gratuita.

“A expectativa é movimentar cerca de R$ 1,1 milhão até o fim do evento, o que representará uma alta de 23% em relação ao último Salão – que foi realizado na cidade de Campina Grande”, destacou a gestora do PAP, Lu Maia, lembrando que 370 artesãos estão expondo na 27ª edição do Salão do Artesanato.

Segundo a gestora, a receita foi impulsionada pelas vendas de objetos decorativos e utilitários que são os mais procurados pelos visitantes. “Vale salientar que peças de couro (6%), madeira (11%) e de fios (13%) tem destaque de vendas na feira, com produtos cujo o preço variam entre R$ 10 a R$ 800”, disse Lu Maia.

“Meio milhão de reais em comercialização de peças, em apenas 10 dias de evento, mostra como o Salão é uma ação importantíssima de estímulo à economia criativa do setor. Ele eleva o artesanato paraibano, com uma política de expansão da produção, a um patamar de valorização de economia agregada das peças produzidas, fortalecendo o cooperativismo e a organização solidária para assim criar bases sólidas e escoar a produção”, comemorou Lu Maia, acrescentando que esse resultado aponta para uma movimentação financeira final de cerca de R$ 1,1 milhão, o que representará uma alta de 23% sobre o último Salão.

Foto Palestra Lu Maia 270x179 - Artesãos faturam mais de R$ 500 mil em 10 dias de SalãoPalestras – Durante a 27ª edição do Salão do Artesanato também acontece o Ciclo de Palestras direcionado aos artesãos, gestores ligados a cooperativas de economia criativa e empreendedores do setor. “Essa iniciativa representa o comprometimento do Governo do Estado com a formação dos artesãos, que têm a oportunidade de receber capacitação – por meio de palestras – para desenvolverem as coleções, melhorar a gestão, bem como expandir a comercialização dos produtos”, ressaltou Lu Maia.

Até dia 3 de fevereiro, as palestras acontecem no Auditório 1, da Fundação Espaço Cultural (Funesc). As vagas são limitadas à capacidade física do auditório. Todas as palestras começam às 14h, exceto a palestra – ‘Clínica de Produtos Criativos para Moda’, com Romero Sousa, que se iniciará pontualmente às 13h30min. As palestras são inteiramente gratuitas com abertura da sala uma hora antes do evento começar.

Data Palestra Horário Palestrante Local
31.01 Clínica de Produtos Criativos para Moda 13h30 Romero Sousa Auditório 1
02.02 Como Vender o seu Artesanato 14h Ranieri Câmara Auditório 1
03.02 Economia Criativa: uma Perspectiva para o Artesanato 14h Vinícius de Oliveira – UFPB Auditório 1

 

Sobre a Programação Cultural

29/01 19H ADULTO BANDA DE PÍFANOS
30/01 19H ADULTO BARATA
31/01 19H ADULTO CARLOS PERÊ E BOCA DO CARIRI
01/02 19H ADULTO FLÁVIO MOTA
02/02 19H ADULTO JOAB DANTAS
03/02 17H30 INFANTIL CRIATIVAMENTE FESTAS (Contação de Estórias)
03/02 19H ADULTO GRUPO FOLCLÓRICO FLOR DO LÍRIO
04/02 16H30 INFANTIL CRIATIVAMENTE FESTAS ( Recepção e Contação de Estórias)
04/02 17H30 INFANTIL/ADULTO CAVALO MARINHO ESTRELA DA PARAÍBA
04/02 20H30 ADULTO BANDA MEIO FREE
05/02 18H ADULTO ORQUESTRA UNIDOS DO FREVO