João Pessoa
Feed de Notícias

Artesanato produzido por reeducandas é exposto na UEPB

quinta-feira, 3 de outubro de 2013 - 08:34 - Fotos:  Secom-PB

A Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap) realizou, nesta semana, uma exposição do material produzido por reeducandas da Penitenciária Feminina de Campina Grande. A apresentação e venda das peças aconteceram na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), no bairro do Bodocongó.

De acordo com a diretora adjunta da penitenciária, Silnara Araújo Galdino, foram vendidas 36 peças produzidas pelas reeducandas. São bolsas, bonecas, almofadas, cachecóis e outros utensílios. Os produtos são feitos dentro da penitenciária, com lã, retalhos e crochê.

A diretora explicou que o dinheiro arrecadado com a venda do material é revertido para a compra de material e dividido entre as apenadas que fazem o trabalho. “Vendemos quase tudo o que levamos e ainda ficaram quatro bonecas encomendadas para entregarmos na próxima semana”, comemorou Silnara.

Na avaliação do secretário titular da Seap, Wallber Virgolino, trata-se de mais um incentivo às pessoas que cumprem pena e querem mudar de vida. “Nós damos oportunidade a quem quer aprender algo de útil na prisão. São vários projetos oferecidos e muitos presos beneficiados. A ressocialização na Paraíba está mais ativa do que nunca”, destacou Wallber.

Na próxima terça-feira (8), haverá mais uma exposição dos produtos, desta vez, no Complexo Judiciário de Campina Grande, localizado no bairro da Liberdade. A Seap está firmando parceria com outros órgãos para expandir o trabalho de ressocialização com as detentas.

A atividade artesanal no presídio feminino começou em dezembro de 2012. Os objetos produzidos também podem ser adquiridos na própria unidade prisional.