Fale Conosco

24 de setembro de 2015

Artesanato paraibano é homenageado na Assembleia Legislativa nesta sexta-feira



O Programa de Artesanato da Paraíba (PAP) e a gestora Lu Maia recebem Moção de Aplauso e Título de Cidadã Paraibana, respectivamente, durante sessão especial, às 9h, nesta sexta-feira (25), na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). A propositura das homenagens é da deputada estadual Estela Bezerra.

Na oportunidade, será homenageada a artesã mais antiga integrante do PAP, Antônia Ribeiro, pioneira da renda labirinto e residente no município de Ingá, distante 95km de João Pessoa. Representando a associação de rendeiras, ela já teve os trabalhos apresentados em diversas feiras que romperam as fronteiras do Brasil.

O músico e artesão Eder Dantas também será homenageado.  Mais conhecido como “Ban”, 32 anos, natural de Nova Palmeira, ele ganhou destaque com a tipologia madeira na confecção de instrumentos musicais de caráter artesanal. Ele investe na criatividade e inovação para conquistar espaço e reconhecimentos dos grandes instrumentistas que já aprovaram a produção de cavaquinho, banjo, violão, bandolim e até lap steel (guitarra havaiana).

“Será uma manhã emocionante e de muito reconhecimento, pois há 15 anos trabalho no serviço público da Paraíba com muito amor e compromisso. Não foi fácil chegar até aqui, mas uma certeza eu tenho que é o gosto pelo trabalho e de me sentir útil para mim e para os outros. Quero sempre fazer o melhor onde eu estiver”, comemorou a gestora do PAP, Lu Maia.

Sobre a homenageada – Lucinéia Maia de Sousa Bezerra, 49 anos, é casada e mãe de dois filhos. Nasceu na cidade de Tarauacá, interior do Acre. Terceira de cinco irmãos, Lu – como é conhecida – é filha de seringueiros. Após 40 dias numa viagem de barco com a família chegou ao Amazonas, onde começou a estudar apenas com 8 anos. Começou a trabalhar como babá aos 11 anos, seguida do trabalho de balconista, vendedora de importados, bancária e secretária.

Concluiu os estudos em cursos supletivos e, em 2004, se formou no curso superior de Biblioteconomia pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). A carreira profissional começou em 2005, quando ocupou o cargo de secretária acumulando a função de chefia de gabinete na Funjope.

Em 2007 se tornou diretora do Casarão 34. Já em 2011 assumiu a presidência da Funesc na gestão do governador Ricardo Coutinho.

Atualmente é gestora do Programa de Artesanato da Paraíba, vinculado à Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico. Lu Maia também é membro do Conselho de Políticas Públicas para a Cultura e do Fórum de Desenvolvimento Econômico da Paraíba.