João Pessoa
Feed de Notícias

Artesanato paraibano é destaque em exposições em Corumbá (MS) e Bananeiras

sexta-feira, 29 de abril de 2011 - 17:51 - Fotos:  Secom-PB

 

Artesanato paraibano em evidência em exposições. Foto: Secom-PB

O artesanato paraibano está em evidência em dois eventos que acontecem até o próximo domingo (1º). Peças em cerâmica, fibras e tecelagem representam a Paraíba na Feira das Américas, que faz parte do 8º Festival América do Sul, realizado desde a última quarta-feira (27), na cidade de Corumbá (MS). Já o “Espaço Decor- Show room”, que está acontecendo no município de Bananeiras, expõe móveis rústicos e peças de decoração feitas por artesãos das cidades de João Pessoa e Sapé.

O Espaço Decor, em Bananeiras, é promovido pelo Programa do Artesanato Paraibano (PAP) – “A Paraíba em suas mãos”, em parceria com o Sebrae e a Prefeitura do município. O evento tem como público-alvo condomínios e pousadas que estão se instalando na região do Brejo.“Lá estão sendo expostos móveis para jardins, mesas, aparadores, cadeiras e bancos, além de artigos decorativos. Estas peças são feitas com madeira, cerâmica e fibras”, explicou a gestora do Programa, Ladjane Barbosa.

O artesão Nílso Luiz Tubin, que produz móveis a partir da madeira de demolição naval, conta que já faturou aproximadamente R$ 10 mil em vendas e encomendas desde a abertura do Espaço Decor. “E a expectativa é que ainda possamos vender mais e receber novas encomendas neste final de semana. Estou gostando muito”, afirmou. Os produtos expostos por Nílso, que custam entre R$ 400 e R$ 2 mil, remetem a uma palavra que está na ordem do dia: sustentabilidade. “Eu crio minhas peças com madeira de barcos. Faço o móvel diante do material que tenho. De uma madeira comprida de fundo de barco, posso fazer uma mesa grande para 12 lugares, por exemplo”, contou.

Em Corumbá, no Mato Grosso do Sul, o artesanato da Paraíba está sendo representado por esculturas de cerâmica, redes e outros produtos têxteis para cama e mesa, além de bandejas, flores e frutos feitos com fibras trançadas na cidade de Pitimbu. A Feira das Américas faz parte do Festival América do Sul, que reúne shows musicais, dança, teatro, circo, exposições de artes plásticas, mostras de artesanato e cinema, apresentações de artistas de rua, debates e palestras do Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.

O Programa do Artesanato Paraibano é vinculado à Secretaria Estadual de Turismo e Desenvolvimento Econômico (Setde). Para o secretário Renato Feliciano, incentivar a realização de eventos como estes é fundamental para o desenvolvimento econômico e o fortalecimento da atividade artesanal, que faz parte do patrimônio cultural do Estado.

Divulgação do artesanato paraibano – Somando esses dois eventos, Ladjane Barbosa lembra que o Programa do Artesanato Paraibano já participou de oito exposições e ações de divulgação, desde o início da atual gestão. De 1º de março a 1º de abril, quatro artesãos ligados ao Programa participaram da exposição “A Ferro e Fogo”, no Museu do Catete, no Rio de Janeiro.

Em comemoração à Semana do Artesão, 45 artistas participaram de uma exposição no Shopping Boulevard, em Campina Grande, de 18 a 27 de março. Na mesma cidade, foi realizada a Feira Campimóveis, que reuniu trabalhos de 45 artesãos no Parque do Povo, de 28 de março a 02 de abril. Também houve participação de artesãos paraibanos na 12ª edição do Dragão Fashion, evento de moda realizado em Fortaleza de 12 a 16 de abril.

O artesanato paraibano também ganhou destaque nacional no dia 13 de abril, quando o artesão João Batista, de Nova Palmeira, apresentou peças de sua autoria no programa Mais Você, da Rede Globo de Televisão, por intermédio do PAP. Já no dia 14 deste mês, artesãs de Alagoa Nova receberam uma visita técnica  da comitiva de El Salvador, como parte do Projeto Talentos do Brasil, desenvolvido pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).