João Pessoa
Feed de Notícias

Apoio do Cooperar beneficia catadores de resíduos sólidos no Sertão

segunda-feira, 14 de outubro de 2013 - 14:48 - Fotos:  Secom/PB

O Governo do Estado, por meio do Projeto Cooperar, tem ações para o desenvolvimento sustentável em 150 municípios paraibanos, com investimentos, desde 2011, que somam R$ 44 milhões. Esses recursos financiaram 468 subprojetos. Em parceria com o Banco Mundial, o Cooperar apoia iniciativas em diversas áreas, a exemplo da produção de mel, frango caipira, leite e derivados, arroz vermelho e pescado de água doce. O apoio também é estendido a associações de catadores de resíduos sólidos e à implantação de abastecimento d’água singelo, dentre outras benfeitorias.

Em Pombal e Bonito de Santa Fé, no Sertão, catadores de resíduos sólidos estão sendo beneficiados com a construção de galpões e aquisição de veículos e equipamentos para garantir uma autogestão. Na cidade de Pombal, a parceria com a prefeitura local incluiu a doação de um terreno. “Será formado um consórcio intermunicipal que administrará os demais elos da cadeia de resíduos orgânicos ou molhados. Para isso, será implantado um aterro sanitário que sirva a todos os consorciados”, destacou o coordenador estadual do Cooperar, Roberto Vital.

Sob a orientação da Secretaria do Meio Ambiente, dos Recursos Hídricos e da Ciência e Tecnologia, o Cooperar repassou R$ 400 mil para construção, equipamentos e aquisição de um caminhão adaptado para transporte de resíduos sólidos.

Nos próximos dias, um galpão de reciclagem do lixo entra em atividade na cidade de Bonito de Santa Fé. Nesse projeto, o investimento também foi no valor de R$ 400 mil, beneficiando 45 famílias de catadores.

Ainda em Bonito de Santa Fé, já está concluída e equipada uma unidade de extração de mel. Na comunidade Paraguai, as pessoas comemoram a melhoria no acesso. O Cooperar providenciou o calçamento de uma ladeira que nos meses de chuva tornava-se intransitável para mais de 300 famílias.