João Pessoa
Feed de Notícias

Análise de projeto para obras de saneamento básico é intensificada pela Cagepa

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010 - 11:58 - Fotos: 

A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) vem intensificando, desde fevereiro do ano passado, a análise e aprovação do projeto para as obras de abastecimento de água e esgotamento sanitário nas cidades que irão ser beneficiadas com as águas da transposição do rio São Francisco. De acordo com o diretor de Expansão da empresa, Alberto Gomes Batista, o índice de análise do projeto saiu de 5% para os atuais 65%. 
  
Segundo ele, no total, 51 cidades, que formam o Eixo Leste da obra da Transposição, estão incluídas no projeto que representa, em sua fase de elaboração, um investimento do Governo Federal (Funasa) da ordem de R$ 8,6 milhões. Para Gomes, as obras de abastecimento de água e esgotamento sanitário que serão executadas nas localidades são necessárias para assegurar a eficiência do projeto da Transposição. “Levaremos para as sedes de determinados municípios obras de melhoria e ampliação do sistema de abastecimento de água, assim como executaremos obras de implantação de rede de esgotamento sanitário em localidades que ainda não dispõem do serviço”, informou.
  
O diretor de Expansão da Cagepa explicou que, para receber as águas do São Francisco, os municípios contemplados precisam e devem estar dotados de infraestrutura suficiente para que não haja o comprometimento das águas do rio. “Precisamos assegurar que os esgotos  não sejam lançados no rio e, para isso, depois de entregarmos a obra, contaremos também com o apoio dos moradores para dar ao esgoto o destino correto”, destacou Gomes.
  
De acordo com o projeto técnico que está sendo acompanhado pela Cagepa, as obras de abastecimento de água consistirão na construção de Estações de Tratamento e rede de distribuição de água. Já as obras de esgotamento sanitário implicarão na construção de Estações Elevatórias, de Tratamento, emissários, rede e ligações domiciliares. Segundo Gomes, cidades como Gurjão, Camalaú, Caraúbas, Coxixola, Santa Luzia, Santo André e São José de Piranhas, já estão com o projeto básico 100% pronto. “Para as demais cidades, já finalizamos o projeto topográfico e estamos partindo para as etapas seguintes”, disse.
  
O projeto para as obras de saneamento básico nas 51 cidades do estado está sendo elaborado pela Arco Projetos Construções e, após analisado e aprovado pela Cagepa, será encaminhado para o Ministério das Cidades para liberação. A previsão, ainda segundo informação do diretor, é para que as obras sejam iniciadas ainda nesse primeiro semestre. “Com este projeto, assim como outros que já estão sendo executados no estado, a meta e o compromisso do governador José Maranhão é deixar toda a Paraíba saneada. Para ele, saneamento básico implica em qualidade de vida para a população”, destacou Gomes.

Assim como Gurjão, Camalaú, Caraúbas, Coxixola, Santa Luzia, Santo André e São José de Piranhas, também serão beneficiadas com obras de abastecimento de água ou esgotamento sanitário as seguintes cidades: Aguiar, Aparecida, Barra de São Miguel, Belém do Brejo do Cruz, Bom Jesus, Bonito de Santa Fé, Boqueirão, Brejo do Cruz, Cabaceiras, Cachoeira dos Índios, Carrapateira, Congo, Coremas, Livramento, Marizópolis, Monte Horebe, Monteiro, Nazarezinho, Parari, Paulista, Piancó, Poço José de Moura, Pombal, Riacho dos Cavalos, Santa Helena, São Bentinho, São Bento, São Domingos de Pombal, São Domingos do Cariri, São Francisco, São João do Cariri, São João do Rio do Peixe, São José da Lagoa Tapada, São José de Espinharas, São José do Brejo do Cruz, São José do Sabugi, São José dos Cordeiros, Serra Branca, Sumé, Taperoá, Triunfo, Uiraúna, Várzea e Vista Serrana.

Assessoria de Imprensa da Cagepa