João Pessoa
Feed de Notícias

Ambulatório de TT completa 2 anos e ultrapassa a marca dos mil atendimentos

sexta-feira, 24 de julho de 2015 - 12:19 - Fotos: 

Inaugurado em julho de 2013, o Ambulatório de Saúde Integral para Travestis e Transexuais, situado no Complexo Hospitalar de Doenças Infectocontagiosas Clementino Fraga, está completando dois anos nesta sexta-feira (24).

Desde a sua inauguração, o Ambulatório de TT abriu 153 prontuários, divididos em 84 mulheres trans, 21 homens trans e 48 travestis. Foram realizados 1.066 atendimentos nas oito especialidades que disponibiliza. Desse total, 46 usuários já tiveram seu nome de registro ratificado pelo nome que tanto almejaram. O ambulatório de Saúde Integral para Travestis e Transexuais tem parceria com a Secretaria de Estado da Mulher e Diversidade Humana, por meio do Espaço LGBT.

Hoje, o ambulatório TT é referência para o Ministério da Saúde por conseguir agregar vários profissionais em um único serviço. Equipes de São Paulo, Bahia, Pernambuco, Mato Grosso do Sul, Paraná, Pará e Piauí visitaram recentemente a Paraíba para conhecer o serviço. A unidade acaba de receber aparelhagem de ponta para o setor de fonoaudiologia, onde nos próximos dias passarão a integrar a rotina de atendimentos do ambulatório.

Cirurgia de Tireoplastia

Ao longo desses dois anos foi realizada a primeira cirurgia de Tireoplastia, que é a raspagem do Pomo de Adão. O procedimento foi feito por um especialista de cabeça e pescoço e teve o laudo emitido pelos profissionais que fizeram o atendimento. Atualmente, aguardam a cirurgia 63 mulheres trans e 21 homens trans.

Equipe e horário de funcionamento

O Ambulatório de Saúde Integral para Travestis e Transexuais conta com uma equipe multiprofissional, composta por Sérgio Araújo (gerente), Andreina Gama (mulher trans), Eduardo Sérgio Soares (ginecologista e responsável técnico), Keyla Julianne Gama e Soraia Francisca Patriota (psicólogas), Leydiane Castro (fonoaudióloga), Geyziane Karla (assistente social), Cristina Kelly (técnica de enfermagem), Rogério Varella (endocrinologista) e José Kênio (urologista).

O Ambulatório de Saúde Integral para Travestis e Transexuais funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 12h e das 13h às 17h. Toda consulta deve ser previamente agendada no próprio ambulatório, situado no Complexo Hospitalar de Doenças Infectocontagiosas Clementino Fraga, no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa.

Saiba mais

- Todo indivíduo, travesti ou transexual, pode se cadastrar no Ambulatório de TT, desde que tenha 18 anos ou mais, tendo sempre em mãos o Cartão Nacional de Saúde (Cartão SUS), RG, CPF, comprovante de residência e o encaminhamento enviado pelo Espaço LGBT;

- Dos 153 usuários cadastrados no Ambulatório de Saúde Integral para Travestis e Transexuais, alguns vêm do TFD (Tratamento Fora do Domicílio), com 2 usuários do Espírito Santo, um de Sergipe, três de Pernambuco e um do Rio Grande do Norte. Os demais são oriundos de municípios paraibanos: Araçagi, Bayeux, Cabedelo, Campina Grande, Nova Floresta, Itapororoca, João Pessoa, Santa Luzia, Patos, Catolé do Rocha e Santa Rita.