João Pessoa
Feed de Notícias

Alunos, professores e gestores de escolas estaduais participam de debate sobre bullying

quarta-feira, 18 de maio de 2016 - 17:36 - Fotos:  Max Brito

Dezenas de estudantes de escolas públicas da rede estadual de ensino participaram, nesta quarta-feira (18), do primeiro debate de um ciclo promovido pela Secretaria de Estado da Educação (SEE), com objetivo de discutir temas importantes para a comunidade acadêmica. O evento, ocorrido na Escola Padre Hildon Bandeira, no bairro da Torre, em João Pessoa, debateu o bullying. Professores e gestores escolares também participaram.

De acordo com a secretária executiva de Gestão Pedagógica de Estado da Educação, Roziane Marinho, esta ação faz parte do Plano de Ação Estadual “Prevenção e Intervenção ao Bullying ­ Respeito é Bom, Bullying é Crime!”, lançado na última sexta-feira (13) em Campina Grande. “O plano tem como objetivo promover formação para os professores e para a comunidade escolar, de forma que essa comunidade amplie seus conhecimentos sobre o bullying para que possam atuar no enfrentamento e combate a essa prática nas escolas”, explicou Roziane Marinho.

A secretária executiva destacou que o plano contempla várias ações, entre elas, seminários, ciclos de debates, cursos de formação para os conselheiros estaduais, encontros, e que essas ações irão possibilitar uma melhor formação da equipe docente da escola para tratar sobre o tema.

A promotora de Justiça de Defesa da Educação de João Pessoa, Ana Raquel Beltrão, esteve no ciclo de debates, representando o Ministério Público do Estado da Paraíba, e destacou a importância da abordagem deste tema. “Bullying é um assunto grave, portanto precisamos debater o tema para evitar problemas futuros”, declarou. Segundo a promotora, “quando a gente aceita o outro como ele é, construímos uma relação de amor e combate à violência. Não podemos aceitar os xingamentos como algo normal, precisamos denunciar e acabar com isso”. Ana Raquel Beltrão parabenizou o evento realizado pela SEE, e afirmou ser uma oportunidade para que alunos, professores e funcionários possam refletir sobre temas importantes para o bom convívio social.

A estudante Pâmela Silva, que cursa o 1º ano do Ensino Médio na Escola João José da Costa, também no bairro da Torre, esteve no debate. A jovem falou que, até hoje, não sofreu bullying, mas conhece vários amigos que já passaram por situações constrangedoras. “Tenho amigas que já foram xingadas, apelidadas e chegaram a chorar por causa disso. Precisamos mostrar para as pessoas que esse tipo de situação não pode existir mais”, defendeu a estudante.

Outros debates – O ciclo de debates da Secretaria de Estado da Educação vai acontecer, também, em outras escolas. As datas serão divulgadas posteriormente. Será discutida a cultura afro, na Escola Heliton Santana, em Santa Rita; Empregabilidade, na Escola Técnica Estadual de João Pessoa; Uso responsável da internet, na Escola Nenzinha Cunha Lima, em Campina Grande; Corrupção, na Escola Técnica Estadual de Bayeux; Intolerância religiosa, na Escola Técnica Estadual de Mamanguape; Reciclagem, na Escola Francelino Alencar Neves, em Itaporanga; e Inclusão, na Escola Antônio Batista Santiago, em Itabaiana.